Refinaria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Fevereiro de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Refinaria de petróleo.

Refinaria é o nome usual para referir-se as destilarias de petróleo que realizam o processo químico de limpeza e refino do óleo cru extraído dos poços e minas de óleo bruto, produzindo diversos derivados de petróleo, como lubrificantes, aguarrás, asfalto, coque, diesel, gasolina, GLP, nafta, querosene, querosene de aviação e outros.

O petróleo bruto (não processado) é composto de diversos hidrocarbonetos, com propriedades físico-químicas diferentes. Por isso, tem pouca utilidade prática ou uso.

No processo de refino, os hidrocarbonetos são separados, por destilação, e as impurezas removidas. Estes produtos podem então ser utilizados em diversas aplicações.

Refino[editar | editar código-fonte]

Principais produtos

Processos comumente encontrados em uma refinaria

  • Dessalgação : processo de remoção de sais do óleo bruto.
  • Destilação atmosférica: processo em que o óleo bruto é separado em diversas frações sob pressão atmosférica.
  • Destilação à vácuo ou destilação a pressão reduzida: processo em que o resíduo da destilação atmosférica é separado em diversas frações sob pressão reduzida.
  • Hidrotratamento
  • Reforma catalítica
  • Craqueamento/cracking catalítico: processo em que moléculas grandes (de menor valor comercial) são "quebradas" em moléculas menores (de maior valor comercial) através de um catalisador.
  • Tratamento Merox
  • Craqueamento/cracking retardado/térmico: proceesso em que moléculas grandes (de menor valor comecial) são "quebradas" em moléculas menores (de maior valor comercial) pela ação de temperaturas elevadas.
  • Alquilação / alcoilação

Gasolina[editar | editar código-fonte]

A Gasolina é uma mistura complexa de hidrocarbonetos parafínicos, oleofínicos, naftênicos e aromáticos com uma faixa de ebulição entre 30ºC a 220ºC. Aditivos são adicionados na gasolina de modo a se obter algumas características desejadas. Ex.: resistência a detonação. Para obter a gasolina diversas frações de petróleo, em sua maioria naftas, são misturadas.

Diesel[editar | editar código-fonte]

O Diesel é formado predominantemente por hidrocarbonetos parafínicos com mais de 14 átomos de carbono e sua faixa de ebulição é de 150ºC a 380ºC. O Diesel é utilizado em motores de ICO (ignição por compressão) e têm um rendimento melhor que o redimento de motores a gasolina. A taxa de compressão desses motores é de 15:1 a 24:1.

Meio Ambiente[editar | editar código-fonte]

As refinarias são complexos industriais que ocupam grandes áreas e, durante o processo, inevitavelmente são gerados grandes impactos ao meio ambiente. Dentre os principais impactos estão as emissões atmosféricas de poluentes como NOx, SOx, VOC e CO2; elevadas cargas orgânicas nos efluentes líquidos; e resíduos sólidos diversos como solos contaminados, borras oleosas, etc.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Refinaria