Ivy King

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
a explosao de ivy king
Video do teste nuclear ivy king.

Ivy King é a mais poderosa bomba de fissão feita pelos Estados Unidos da América durante a operação Ivy ("hera" em português). Ela foi feita para que alcançasse uma bomba de fusão, que era a sua irmã: Ivy Mike, ela gerou 500kt (a Ivy Mike gerou 10,4mt), foi o unico teste nuclear do mais poderoso dispositivo de fissão pura, o Mark 18. No dia 16 de novembro de 1952 às 11h:30, um bombardeio de B-36H lançou a bomba a 610 m de altura, na ilha Runit no atol de Enewetak, ela explodiu a 450 m de altura.

Era para ter inicialmente seu fosso de urânio e plutônio, mas foi substituído por um fosso de 60 kg de puro urânio altamente enriquecido, o designer da bomba foi o físico Ted Taylor. Seu nome é king(rei) por que kiloton(em português quiloton) também começa com k, sendo quilotons referencia de bombas atômicas, forma um trocadilho de rei do quiloton(rei das bombas atômicas).

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Chuck Hansen. U. S. Nuclear Weapons: The Secret History. Arlington: AeroFax, 1988.
  • Chuck Hansen (1995) Swords of Armageddon. Published on CD-Rom only by Chukelea, Sunnyvale, CA.