Johann Schop

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Johann Schop (* em c.1590, Hamburgo; † em 1667, Hamburgo) foi um violinista e compositor alemão, mais admirado como músico e e técnico; sendo um virtuoso violinista suas composições para o violino exigiam uma impressionante técnica do executante para a época.[1] Em 1756 Leopoldo Mozart comentou sobre a dificuldade de um trinado numa obra de Schop, composta, provavelmente, antes de 1646.[2] Tocava também alaúde, trompete e cornetto.

Em Hamburgo, publicou livros de música para violino a 4 e 6 partes; parte de sua música foi executada nas celebrações da Paz de Vestfália. Sua música é digna de atenção e parte dela foi publicada pela Pan da Suíça em julho de 2007.

Sua melodia Werde Munter, mein Gemuthe de 1641 foi orquestrada por Johann Sebastian Bach nos movimentos corais (6 and 10) da cantata de Bach Herz und Mund und Tat und Leben. O sexto movimento é "Wohl mir, daß ich Jesum habe", e o décimo é "Jesu bleibet meine Freude", sendo que este último, sob o título de Jesus, alegria dos homens, tem sido arranjado para diferentes instrumentos e ganho enorme popularidade.[3]

Referências

  1. Boyden 1990, p. 136
  2. Boyden 1990, p. 168
  3. Arnold 1983, p. 993
  • Boyden, David Dodge (1990), The History of Violin Playing from Its Origins to 1761, Oxford University Press, ISBN 0198161832 
  • Arnold, Denis (1983), The New Oxford Companion to Music, Oxford University Press, ISBN 0193113163