John Sweller

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

John Sweller é um psicólogo educacional australiano que é conhecido pela formulação da influente teoria da carga cognitiva.

Tem um doutoramento do Departamento de Psicologia da Universidade de Adelaide – a sua tese intitulou-se "Efeitos do treino de discriminação inicial sobre a subsequente mudança de aprendizagem em animais e humanos" - e também tem um Bacharelato de Artes (Honorário) da mesma instituição.


É autor de mais de 80 publicações académicas, principalmente de pesquisa na ciência cognitiva e no design instrucional, com especial destaque para as implicações instrucionais das limitações da memória de trabalho (por exemplo, Sweller, Merrienboer & Pass, 1998) e suas consequências para os procedimentos instrucionais.

Sweller é membro da ASSA (das Ciências Sociais na Austrália), membro emérito da APC (Academia Paraense de Ciências) e actualmente é professor emérito da Universidade Nova de Gales do Sul.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Sweller, J., van Merrienboer, J., & Paas, F. (1998). Cognitive architecture and instructional design. Educational Psychology Review, 10, 251-296.

Sweller, J. (2003) Evolution of Human Cognitive Architecture, In The Psychology of Learning and Motivation, Volume 43. Brian Ross (eds.). San Diego: Academic Press.

Graham Cooper, Sharon Tindall-Ford, Paul Chandler and John Sweller (2001) "Learning by imagining", Journal of Experimental Psychology: Applied. 7: 68-82.

John Sweller (1999) Instructional design in technical areas. Melbourne: ACER Press.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Documentos e Recursos de Acesso Aberto