Ju Ju Wilson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ju Ju Wilson (Burriwee)[1]
Nascimento
Mantinea Flats, Austrália Ocidental[1]
Nacionalidade Austrália australiano
Ocupação Artista aborígine e artesã

Ju Ju Wilson (nascida em Mantinea Flats, parte setentrional da Austrália Ocidental) é uma renomada artista aborígine. Seu nome aborigine é Burriwee.[1]

Mãe de seis filhos, a artista provém do grupo aborígene Miriwung-Gajerrong, da região de Kimberley.[1] Além dela, membros de três outras gerações de sua família também são artistas (sua avó materna, sua mãe e filhas). Educada em Beagle Bay, ela fala fluentemente cinco dialetos aborígines, além do inglês.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ju Ju Wilson, além de uma pintora prolífica, guia de turismo e consultora cultural reputada, é também perita em alimentos silvestres e remédios naturais, autora de livretos sobre tais assuntos, assim como artesã e música de didgeridoos e autoridade em arte rupestre e sítios arqueológicos sacros.[1] [2]

Frequentemente, a artista é convidada a fazer aparições em programas de televisão para falar de sua arte e habilidades, como no caso de sua participação em junho de 2008 na série do explorador britânico Ray Mears, no canal BBC Two (um seriado de quatro partes filmado no Outback australiano cujo título é Ray Mears Goes Walkabout, título ainda não trazido para o português).[3]

Referências

  1. a b c d e Adm. do website (2003). Perfil e arte de Ju Ju Wilson. Artlandish. Página visitada em 09/09/2013.
  2. Website administrator (09/11/2008). Aboriginal Art News. Aboriginal Art Directory. Página visitada em 09/09/2013.
  3. Administrador do portal (2008). Ray Mears Goes Walkabout. BBC Two. Página visitada em 09/09/2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]