Justin Marie Jolly

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Justin Marie Jolly (Melun, 6 de agosto de 18701 de fevereiro de 1953) foi um hematologista e histologista francês.

Estudou medicina na Collège de France, onde aprendeu técnicas histológicas e sua correlação com outras disciplinas médicas. Ele foi chef du laboratoire na clínica médica no Hôtel-Dieu de Paris, e diretor do laboratório histológico no École des Hautes Etudes. De 1925 a 1940 foi professor no Collège de France.

Ele foi um pioneiro no campo da hematologia no que diz respeito ao estudo de tecidos vivos. No início do século 20, ele produziu as primeiras lâminas de mitose em células vivas. Em 1923, publicou um livro prestigiado sobre hematologia chamado de Traité technique d'hématologie. Junto com o fisiologista americano William Henry Howell (1860-1945), nomeou os corpúsculos de Howell-Jolly, que são grânulos de 1-2 μm vistos em hemácias.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um cientista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.