Kosmos (satélite)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde dezembro de 2012). Ajude e colabore com a tradução.
Monumento ao lançamento do satélite Kosmos de número 2.000 ocorrido em 1989.

Kosmos (8A92), em russo Ко́смос que significa Cosmos, foi a nomenclatura usada para uma enorme quantidade de satélites operados pela União Soviética, e em seguida pela Rússia. O Kosmos 1, o primeiro da série, foi lançado em 16 de Março de 1962.

Em Setembro de 2010, mais de 2.400 satélites com a identificação "Kosmos", haviam sido lançados. Eles não formam um programa definido. Pode-se dizer que seriam o conjunto de todos os satélites militares Soviéticos e Russos, além de um grande número de satélites científicos e também de alguns artefatos que falharam na decolagem mas chegaram a atingir uma órbita.

Sistemas de controle para 152 satélites da série Kosmos foram desenvolvidos e fabricados pelo NPO Electropribor (na cidade de Carcóvia).[1]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

No ano de 1961, foram efetuados três tentativas de lançamento de satélites que falharam, e por isso mesmo, também foram designados como fazendo parte da série Kosmos.[2]

Tendo sido designados* de Kosmos 1a, 1b e 1c respectivamente, o primeiro lançamento ocorreu em 27 de Outubro, e nos meses seguinte, o segundo em 21 de Novembro e o terceiro em 11 de Dezembro.

* — Apesar de não oficial, esta é a designação mais frequentemente usada e aceita
Entre os muitos tipos de satélite designados como "Kosmos", destacam-se
  • Satélites de reconhecimento ótico;
  • de comunicação;
  • de alerta antecipado de mísseis;
  • de reconhecimento por radar;
  • armas antissatélites e seus alvos;
  • de navegação e localização
  • de demonstração de tecnologia

Os primeiros[editar | editar código-fonte]

Kosmos 1[editar | editar código-fonte]

O Kosmos 1, também conhecido como Sputnik 11, foi lançado em 16 de Março de 1962 as 12:00:00 UTC. Massa orbital de 285 kg. Foi o primeiro satélite da série soviética de monitoração terrestre. Empregou ondas de rádio para estudar a estrutura da ionosfera.

Kosmos 2[editar | editar código-fonte]

O Kosmos 2, também conhecido como Sputnik 12, foi lançado em 6 de Abril de 1962 as 17:16:00 UTC. Massa orbital de 285 kg. Foi o segundo satélite da série soviética de monitoração terrestre. Empregou ondas de rádio para estudar a estrutura da ionosfera.

Kosmos 3[editar | editar código-fonte]

O Kosmos 3, também conhecido como Sputnik 13, foi lançado em 24 de Abril de 1962 as 04:04:00 UTC. Massa orbital de 330 kg. Pertenceu a série soviética de monitoração terrestre. Foi usado para estudar as camadas mais altas da atmosfera. Dados foram enviados a Terra por um sistema de telemetria multicanal com memória autônoma.

Kosmos 4[editar | editar código-fonte]

O Kosmos 4, também conhecido como Sputnik 14, foi lançado em 26 de Abril de 1962 as 10:04:00 UTC. Massa orbital de 4.600 kg. Pertenceu a série soviética de monitoração terrestre. Foi usado para estudar as camadas mais altas da atmosfera, mais especificamente efetuando medições de radiação entes e depois dos testes nucleares Norte americanos do projeto Starfish. Dados foram enviados a Terra por um sistema de telemetria multicanal com memória autônoma.

Kosmos 5[editar | editar código-fonte]

O Kosmos 5, também conhecido como Sputnik 15, foi lançado em 28 de Maio de 1962 as 03:07:00 UTC. Massa orbital de 280 kg. Pertenceu a série soviética de monitoração terrestre. Foi usado para estudar as camadas mais altas da atmosfera. Dados foram enviados a Terra por um sistema de telemetria multicanal com memória autônoma.

Kosmos 6[editar | editar código-fonte]

O Kosmos 6, também conhecido como Sputnik 16, foi lançado em 30 de Junho de 1962 as 16:04:00 UTC. Massa orbital de 355 kg. Foi um satélite militar Soviético do tipo DS (Dnepropetrovsk Sputnik) construído na Ucrânia para ser lançado por lançadores da família Kosmos. Foi usado para pesquisas e testes de componentes científicos e militares.

Kosmos 7[editar | editar código-fonte]

O Kosmos 7, também conhecido como Sputnik 17, foi lançado em 28 de Julho de 1962 as 09:21:00 UTC. Massa orbital de 4.600 kg. Foi usado para estudar as camadas mais altas da atmosfera. Dados foram enviados a Terra por um sistema de telemetria multicanal com memória autônoma. Também foi usado para medir a radiação no ambiente espacial para garantir a segurança durante o voo das espaçonaves Vostok 3 e Vostok 4.

Kosmos 8[editar | editar código-fonte]

O Kosmos 8, também conhecido como Sputnik 18, foi lançado em 18 de Agosto de 1962 as 05:02:00 UTC. Massa orbital de 337 kg. Foi um satélite militar Soviético do tipo DS (Dnepropetrovsk Sputnik) construído na Ucrânia para ser lançado por lançadores da família Kosmos. Foi usado para pesquisas e testes de componentes científicos e militares.

A lista completa[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Kosmos (satélite)

Referências

  1. Krivonosov, Anatoly. Khartron: Computers for Rocket Guidance Systems Massachusetts Institute of Technology. Visitado em 19/03/2013.
  2. Hillger, Don. DS-2 Colorado State University. Visitado em 17/03/2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre satélites é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.