Leite de soja

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma caixa de leite de soja.
Uma lata de bebida de soja.

O leite de soja, também conhecido como bebida de soja, é uma bebida feita a partir dos grãos de soja. Ele ajuda a reduzir a gordura corporal e é uma opção para quem tem problemas com colesterol ou alergia a leite.[1] Seu valor nutricional é inferior ao leite, mas pode ser preparado para ter o mesmo teor de proteínas que ele.[1]

Como a soja contém oligossacarídeos em seus grãos, o processo de sua digestão pode não ser satisfatório, gerando flatulência.[1]

É produzido misturando os grãos secos de soja com água e depois triturando-os. O leite de soja pode ser feito em casa com simples utensílios de cozinha ou através de um aparelho específico, chamado de vaca mecânica.

Assim como a coagulação do leite de vaca pode ser transformada em queijo, a coagulação do leite de soja pode ser transformada em tofu.

Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil o consumo deste produto tem crescido devido ao sucesso, desde o fim da década de 1990, de novos produtos com adições que conferem um sabor agradável bem distinto do característico de soja.[1]

Referências

  1. a b c d ATITUDE DO CONSUMIDOR EM RELAÇÃO À SOJA E PRODUTOS DERIVADOS (PDF) pp. 431; 434; 436. Scielo (2004). Página visitada em 24 de outubro de 2012. "o “leite” de soja ajuda a reduzir a gordura corporal, sendo também uma opção para indivíduos alérgicos a leite e que tenham problemas com colesterol. [...] O consumo de “leite” de soja tem aumentado no Brasil em função de novos produtos à base de extrato hidrossolúvel de soja, em combinação com sucos de frutas, que vêm sendo comercializados com sucesso no mercado nacional desde o final da década de 90. Estes produtos possuem sabor agradável e que pouco lembra o sabor característico de “leite” de soja. [...] O “leite” de soja pode ser preparado para que tenha o mesmo teor de proteínas que o leite. [...] Assim, o “leite” de soja tem realmente valor nutricional inferior ao leite. [...] Quanto à digestibilidade, a soja apresenta em seus grãos oligossacarídeos que não são hidrolisados durante o processo de digestão e, portanto, podem causar flatulência[...]."

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]