Leoncio Evita Enoy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Leoncio Evita Enoy (Udubuandolo, 8 de agosto de 1929 - Bata, dezembro de 1996), foi um escritor da Guiné Equatorial

Carreira[editar | editar código-fonte]

Estudou numa escola de San Carlos e cursou pintura por correspondência. Trabalhou na Escola de Artes e Ofícios de Bata e como contribuinte para a revista literária Poto-Poto. Viveu em Camarões entre 1953 e 1960.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • "Cuando los combes luchaban", 1953, considerada a primeira da Guiné Equatorial
  • "Alonguegue (No me salvaré)
  • 'El guiso de Biyé".

Ligações externas[editar | editar código-fonte]