Manuel Rivera-Ortiz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Manuel Rivera-Ortiz
Manuel Rivera-Ortiz, Paris, 2009
Nascimento 23 de Dezembro de 1968
Pozo Hondo, Guayama, (Porto Rico)
Nacionalidade  Estados Unidos
Ocupação Fotógrafo, jornalista

Manuel Rivera-Ortiz (Porto Rico, 23 de Dezembro de 1968) é um fotógrafo americano. Foi criado em Guayama, Porto Rico.

Rivera-Ortiz nasceu em uma família pobre do bairro Pozo Hondo, fora da cidade de Guayama na costa caribenha de Porto Rico. Muito pobre, cresceu em um barraco sem água corrente e piso de terra desmantelado. Seu pai era o picador (à mão) de campos de cana de açúcar da Central Aguirre e Central Machete e no dia do declínio da indústria açucareira em Porto Rico, e após a colheita de açúcar ou a época de colheita, ele trabalhou como trabalhador agrícolas migrante na Nova Inglaterra, e a região do Médio Atlântico dos Estados Unidos da América. Quando tinha 11 anos, seus pais separaram-se e Rivera foi morar com seu pai em Massachusetts. Nos EUA, formou-se em jornalismo e começou a trabalhar para jornais, porém logo decidiu mudar para a carreira de jornalista fotográfico e fotografia documental.

Manuel Rivera-Ortiz fotografa a pobreza ao redor do mundo. Suas histórias fotográficas de dificuldades e esperanças em algumas das nações mais pobres, servem como testamento para a vida experenciada por ele durante a infância. Rivera-Ortiz utiliza a arte fotográfica para expor ao mundo as diferenças sociais em cada país. Quando ele fala com a pessoa que está fotografando, não está interessado em saber como é ser pobre, mas quer que ela conte sobre suas esperanças, aspirações e sonhos, mostrando como imagina que estes se tornem realidade.

Rivera-Ortiz é conhecido internacionalmente por sua fotografia documental social em as condições de vida regular das pessoas nos países menos desarrollados. Suas fotos estão em colecções de vários museus, incluindo a George Eastman House International Museum of Photography e Film[1] . Em 2004, Rivera-Ortiz recebeu En Foco New Works Fotografia Award[2] [3] , e em 2007, foi também o Artista do Ano do Conselho de Artes e Cultura do Greater Rochester, New York[4] .

Em 2010, Rivera-Ortiz fundou a fundação Manuel Rivera-Ortiz para fotografia internacional (The Manuel Rivera-Ortiz Foundation for International Photography). A fundação com sede em Paris, Londres, Zurich e Nova York, é uma das principais fundações fotográficas do mundo na luta pelos direitos humanos em países subdesenvolvidos[5] .

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. "2006 Annual Report", George Eastman House, p. 9. Página visitada em 7 de março de 2010. (em Inglês)
  2. EN FOCO Photographers
  3. Nueva Luz Magazine, Vol. 11, No. 2, pgs. 2-9, 2006.
  4. Arts & Cultural Council Arts Awards Recipients (em inglês). Arts and Cultural Council for Greater Rochester. Página visitada em 7 de março de 2010.
  5. Brasileiro selecionado pela Manuel Rivera-Ortiz