Memento (informática)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde Dezembro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Ciência da computação.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde Dezembro de 2008.

Memento é um padrão de projeto que permite armazenar o estado interno de um objeto em um determinado momento, para que seja possível retorná-lo a este estado, caso necessário.

Três objetos estão envolvidos na implementação do padrão Memento.

  • Originador é o objeto cujo estado se deseja capturar.
  • Memento é o objeto definido dentro da classe Originador, com modificador de acesso privado, cujo estado do objeto originador será armazenado.
  • Cliente é o objeto que acessará o originador, e deseja desfazer qualquer mudança efetuada, caso necessário.

O cliente deve requisitar um objeto memento, antes de se valer do originador. Após efetuar as operações desejadas no originador, o cliente devolve a este o objeto memento, caso deseje desfazer qualquer alteração.

O objeto memento não permite o acesso de qualquer classe além da classe originador. Assim, tal padrão mostra-se útil por não violar o conceito de encapsulamento.

Ícone de esboço Este artigo sobre programação de computadores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.