Minamoto no Yorimitsu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Raikō", de Kikuchi Yōsai
Minamoto Yorimitsu luta com Tsuchi-gumo, de Utagawa Kuniyoshi.


Minamoto no Yorimitsu (源頼光?) (944-1021), também conhecido como Minamoto no Raikō, serviu os regentes do Clã Fujiwara junto com seu irmão Yorinobu, tomando medidas violentas que os próprios Fujiwara eram incapazes de impor. Ele é um dos primeiros membros do Clã Minamoto a ter importância histórica, por suas expedições militares. Também é conhecido por ter subjugado os bandidos de Ōeyama.

Sua lealdade lhe rendeu o governo das províncias de Izu e Kozuke, bem como um número de altas posições militares. Yorimitsu serviu como comandante de um regimento da guarda imperial e como secretário no Ministério da Guerra. Quando seu pai (Minamoto no Mitsunaka) morreu, ele herdou a Província de Settsu.

Yorimitsu é mencionado em um número de lendas e contos, incluindo a lenda de Kintaro (o "Garoto de ouro", também conhecido como Sakata no Kintoki), a lenda de Shuten Doji e a lenda de Tsuchigumo.

Raiko normalmente é acompanhado por quatro servidores lendários, conhecidos como Shiten-nō, os "quatro guardiães do rei". Seus nomes eram Watanabe no Tsuna, Sakata no Kintoki, Urabe no Suetake e Usui Sadamitsu.

Referências[editar | editar código-fonte]

Este artigo foi traduzido da Wikipédia em inglês. A referência lá utilizada foi:

  • Sansom, George (1958). 'A History of Japan to 1334'. Stanford, California: Stanford University Press.