Mukhabarat el-Jamahiriya

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Inteligência da Jamahiriya
Mukhabarat el-Jamahiriya
Resumo da agência
Desfeita 2011
Jurisdição Governo da Líbia
Sede Tripoli, Libia
Executivos da agência Abuzed Omar Dorda, diretor

Mukhabarat el-Jamahiriya (em árabe: مخابرات الجماهيرية) [1] (Inteligência da Jamahiriya) foi o serviço de inteligência nacional da Líbia sob Muammar al-Gaddafi. Durante a Guerra Civil Líbia de 2011, o diretor da agência Abuzed Omar Dorda foi capturado por forças anti-Gaddafi, e muitas das funções da agência foram interrompidas ou usurpadas, como resultado do conflito.

Operações[editar | editar código-fonte]

A Mukhabarat el-Jamahiriya supostamente mantinha a sociedade líbia sob vigilância, impedindo até mesmo manifestações abertas [carece de fontes?]. Também realizava assassinatos e espionagem contra os dissidentes líbios que vivam no exterior [carece de fontes?] e também se infiltrou no exército e na oposição líbia para abortar tentativas de golpes militares contra o Governo Gaddafi [carece de fontes?].

É de conhecimento público [carece de fontes?] ter realizado estas três operações contra o Ocidente:

Referências

  1. Simons, Geoffrey. Libya and the West: from independence to Lockerbie. United Kingdom: I. B. Tauris, 2003. p. 106. ISBN 1860649882. Visitado em 10 September, 2009.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]