Nicolas Ladanyi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nicolas Ladany , 1931

Nicolas J. Ladanyi ( 7 de abril de 1889[1] )foi um treinador de futebol húngaro. Nicolas Ladanyi fez sucesso no Brasil ao treinar o Botafogo, quando venceu o Campeonato Carioca de Futebol de 1930 e 1932.

Landanyi no Botafogo "desenvolvera um programa de treinamento inspirado na psicanálise"[2] Dirigiu o clube 1930 até 1933, e treinou, entre outros craques, Carvalho Leite, Nilo e Martim Silveira.

Entre 1933 e 1934 foi técnico de America FC de Rio e da outubro até os primeiros anos da década de 1940 a Liga de Sports da Marinha. No maio de 1939 brevemente voltou a treinar Botafogo FC.

Na década de 1940 foi diretor artístico do Cassino de Urca no Rio de Janeiro e depois, talvez até os primeiros anos de 1960 diretor social do Hotel Quitandinha de Petrópolis.

Nicolas Ladanyi e o pai da atriz Glória Ladany.


Referências[editar | editar código-fonte]

  • Pare referências veja a versão inglesa do artigo.

Referências

  1. Diário Oficial da União, 1940-07-31, p. 5: "A Nicolau Ladanyi, natural da Hungria, nascido, a 7 de abril de 1889, filho de Martin Ladanyi e de Mitria Zoldi, casado, residente nesta Capital." (naturalisation notices).
  2. Sérgio Augusto, Ediouro Publicações, 2004: "Botafogo: entre o céu e o inferno"
Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.