Notação polonesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Notação Polonesa (no Brasil, em Portugal é Notação Polaca) ou Notação de Prefixo é uma forma de notação para lógica, aritmética e álgebra. Não precisa de parênteses ou outros delimitadores para indicar os cálculos que devem ser realizados primeiramente, mas mesmo assim não há ambiguidade quanto à ordem de resolução. Os operadores devem preceder os dois valores numéricos associados. O matemático polonês Jan Łukasiewicz criou essa notação em torno de 1920 para simplificar a lógica nas sentenças matemáticas. Não é muito usado na matemática convencional, mas muito usado na ciência da computação.

Notação[editar | editar código-fonte]

Como os operadores devem preceder os valores, a notação polonesa de soma é:

\,\!{+}\ a\ b

Enquanto a notação convencional (infixa) é:

\,\!a+b

Ordem de operações[editar | editar código-fonte]

Quanto mais "interna" a operação, antes ela deve ser executada.

Então, a notação polonesa:

\,\!\cdot\ {+}\ a\ b\ c ou \,\!\cdot\ c\ {+}\ a\ b

Na notação convencional, ficaria, respectivamente:

\,\!\left({a+b}\right)\cdot c ou \,\! c \cdot \left({a+b}\right)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre matemática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.