Numeral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Trechos sem fontes poderão ser removidos.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing.

Numeral é toda palavra que encerra a ideia de número. [1]

Classificação dos numerais[editar | editar código-fonte]

Os numerais podem ser classificados como cardinal, coletivo, ordinal, multiplicativo, fracionário, partitivo.

Numerais cardinais[editar | editar código-fonte]

Os numerais cardinais são aqueles que utilizam os números naturais para a contagem de objetos, ou até designam a abstração das quantidades: os números em si mesmos. Valem por adjetivos ou substantivos.

Exemplos :

Fui à padaria comprar dez pães.

Numerais coletivos[editar | editar código-fonte]

Os numerais coletivos são aquelas palavras que designam uma quantidade específica de um conjunto de seres ou objetos. São termos variáveis em número e invariáveis em gênero.

Exemplos:

Dúzia(s), dezena(s), milheiro(s) ou milhar(es), centena(s), par(es), década(s), grosa(s).

Numerais multiplicativos[editar | editar código-fonte]

Os numerais multiplicativos são aqueles que indicam uma quantidade equivalente a uma multiplicação (uma duplicação, uma triplicação etc.).

Exemplos:

Às vezes, as palavras possuem duplo sentido.

Numerais ordinais[editar | editar código-fonte]

Os numerais ordinais são aqueles que indicam a ordenação ou a sucessão numérica de seres e objetos.

Exemplos:

Recebeu os seus primeiros presentes agora mesmo.
Dumas está completando seu primeiro aniversário.
Hoje foi a primeira vez que eu como esta torta.

Numerais fracionários[editar | editar código-fonte]

Os numerais fracionários são aqueles que passam a ideia de parte de algo, fração.

Um terço do bolo por favor.

Também indicam a divisão de seres e objectos, usado muito em receitas de alimento:

Ponha 1/4 xícara de açúcar na massa.

Numerais partitivos[editar | editar código-fonte]

Os numerais partitivos são aqueles que passam ideia de partir, não deve se confundir com fracionários.

O meio, a terça parte, a quarta parte, etc.

Numerais romanos[editar | editar código-fonte]

Geralmente os numerais romanos são usados para marcar o século em que se passa uma data histórica. São 7 símbolos que representam os números romanos: I (1), V (5), X (10), L (50), C (100), D (500), M (1000).

Para ser formado um número romano é necessário fazer as combinações corretas, sempre em ordem decrescente.

Exemplos:

\text{MDXXXII} (1532, 1000 + 500 + 30 + 2).

Cada letra só se pode repetir três vezes, porem é desnecessário, por exemplo, usar duas vezes a letra D, uma vez que repetida daria mil, M.

Apesar de não parecer, os números romanos também são infinitos. Para fazer um número menor que uma letra, quando ele for impossível com outras combinações, podemos pôr uma letra na frente para diminuir a segunda letra.

Exemplos:

\text{XC = 90} (ou seja, 100 - 10).

Quando na numeração romana colocarmos um traço em cima da letra, estaremos multiplicando o valor da letra por mil, por isso, colocando dois traços multiplicamos por um milhão (1000 x 1000) e assim sucessivamente.

Exemplos:

\bar{D} = 500 000,  \bar{M} = 1 000 000

Desta forma, torna-se possível escrever qualquer número natural na numeração romana.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Almeida, Napoleão Mendes de. Gramática Metódica da Língua Portuguesa. São Paulo: Saraiva, 1911 (1992?). Capítulo: Cap. VII, §155 - 38.