O Semeador de Ideias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Semeador de Ideias
O-semeador-de-ideias.jpg
Capa do livro O Semeador de Ideias.
Autor (es) Brasil Augusto Cury
Idioma Brasil Português
País Brasil Brasil
Género Ficção, Literatura Brasileira, Drama
Editora Brasil Editora Planeta
Lançamento Novembro de 2010
Páginas 272
ISBN 978-8560-09-693-0
Cronologia
Último
Último
O Vendedor de Sonhos e a Revolução dos Anônimos
Próximo
Próximo

O Semeador de Ideias é um romance de autoria de Augusto Cury. É o terceiro e último livro[1] da série best-seller O Vendedor de Sonhos.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Esse homem que vende sonhos e semeia ideias, é um grande e milionário empresário, que ao perder seus filhos e sua esposa em um acidente aéreo, larga todas as suas riquezas, e passa a morar nas ruas, discursando sobre diversos temas importantes da sociedade. Em um desses discursos, ele chama Deus para um debate, e a partir daí vira um semeador de ideias: “Em vez de prostrar diante de Deus, ele O chamou para um debate. E ninguém previa o que seria discutido. Depois desse episódio, ele deixou de ser um vendedor de sonhos e passou a ser um ousado semeador de ideias.” – pág. 22.

Por tudo o que faz e causa por onde passa, o semeador de ideias passa a ter discípulos, que o chamam de Mestre. Dois deles, Barnabé e Bartolomeu (nesse livro descobrimos a verdade sobre esses dois), fazem rir com suas simplicidades e jeitos, até mesmo quando está em pontos importantes da trama. “Barnabé, o discípulo que amava a boemia e se achava um grande político, daí seu apelido de prefeito [...] Bartolomeu, vulgo Boquinha, o outro alcoólatra hiperfalante, que se achava superinteligente [...]” – pág. 61.

A história é contada por Júlio Cesar, um professor universitário que foi ajudado pelo antigo vendedor de sonhos, no primeiro livro da série, e este passa a ser um grande amigo do mestre.[2]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Os outros livros da série são: O Vendedor de Sonhos: O Chamado e O Vendedor de Sonhos e a Revolução dos Anônimos. Um poderoso homem sofre perdas irreparáveis e torna-se um colecionador de lágrimas. Despedaçado, sai em busca dos porões da sua mente e da sociedade dos seus sonhos. “Não é possível”, pensei. Em vez de se prostrar diante de Deus, ele O chamou para um debate. E ninguém previa o que seria discutido. Depois desse episódio, ele deixou de ser um vendedor de sonhos e passou a ser um ousado semeador de idéias. E nós, após presenciar seu “debate”, nunca mais seríamos os mesmos. Não apenas os que o seguíamos ficamos perplexos, como também uma multidão que se aglomerou ao redor dele, emudecida

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]