Opsonização

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Opsonização em imunologia, é o processo que facilita a ação do sistema imunológico por fixar opsoninas ou fragmentos do complemento na superfície bacteriana, permitindo a fagocitose.[1] Opson é uma palavra grega que significa condimento, tempero, molho, ou seja, algo que facilite a digestão. Uma das mais importantes opsoninas provém do complemento: a C3b.[2]

Se for feita uma analogia, este processo seria como passar mel em um ladrão e colocá-lo num quarto fechado cheio de ursos. Neste caso, o urso seria os macrófagos e granulócitos e o bandido o invasor do organismo.[3]

Notas e referências

  1. ABBAS, Abul K. et. al. Imunologia Celular e Molecular. 6. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008 ISBN 978-85-352-2244-9
  2. PEAKMAN, Mark. VERGANI, Diego. Imunologia Básica e Clínica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1999.
  3. LEVY, Elinor. MONTE, Tom. Os Dez Mandamentos do Sistema Imunológico. 2. ed. São Paulo: Ground, 2008 ISBN 978-85-7187-135-9
Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia celular é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.