Granulócito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os Granulócitos são células de defesa do corpo humano.


Características[editar | editar código-fonte]

  • são provenientes da medula óssea e liberados no sangue;
  • são 65% das células brancas;
  • possuem muitos grânulos no citoplasma, daí o nome (granuló..., de grânulos; cito, de célula; célula com grânulos).

Coloração[editar | editar código-fonte]

Os grânulos são corados da seguinte maneira:

  • azul - Basófilos (0,5 a 1% dos Granulócitos);
  • vermelho - Eosinófilos (3 a 5% dos Granulócitos);
  • incolor - Neutrófilos (90 a 95% dos Granulócitos).

Como os Neutrófilos ocorrem em maior quantidade, as pessoas entendem por Neutrófilos todos os Granulócitos, então, tem-se que tomar cuidado com isso.

Os Granulócitos, em geral, possuem núcleos polimorfos, ou seja, são células polimorfonuclerares (núcleo de diferentes formas: multilobulado, forma de feijão, de alteres, circulares e etc).

Os Granulócitos circulam pelo sangue e podem migrar para os tecidos, por exemplo, por ocasião das respostas inflamatórias, exceto pelo Mastócito, que fica no tecido. Os Mastócitos são muito parecidos com os Basófilos, mas possuem origens diferentes. Não se conhece, ao certo, qual a origem dos Mastócitos que parecem não vir da medula óssea.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • GUYTON, A. C. Fisiologia Humana. 6ª ed. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan. 1988.
  • PEAKMAN M., VERGANI D. Imunologia básica e clínica. Rio de Janeiro, RJ. Editora Guanabara Koogan. 1999.
  • TRABULSI, L. R. Microbiologia. 3ª Ed. São Paulo, SP. Editora Atheneu. 1999.
Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.