Osun (estado)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ọṣun
—  Estado  —
lema Estado da Primavera Viva
Localização de Ọṣun na Nigéria
Localização de Ọṣun na Nigéria
Capital Osogbo
Data de criação 27 de agosto de 1991
Administração
 - Governador Olagunsoye Oyinlola (PDP)
 - Senadores ()
()
()
 - Representantes Lista
Área
 - Total 9,251
28º colocado km²
População (1991 censo)
 - Total 2,203,016
    • Densidade 447,3 hab./km²/km2 
 - Estimativa (2005 est.) 4,137,627
PIB (PPC)
 -Total
 -Per capita
2007 (estimativa) (estimativa)
$7,28 bilião[1]
$2.076[1]
Sítio osunstate.gov.ng

Ọṣun (no idioma Yoruba), Osun (no idioma Inglês), Ochum (pronúncia em português), é um estado interior, a Sudoeste da Nigéria. Criado em 27 de agosto de 1991. Sua capital é a cidade de Osogbo. A estimativa de 2005 apontava uma população de 4.137.627 habitantes, numa área de 9.251km². É delimitada ao norte pelo estado Kwara, no leste, em parte, pelo Ekiti e, em parte, pelo Ondo, ao sul do Ogun e, a oeste pelo Oyo.

O atual governador estadual é Olagunsoye Oyinlola, que foi eleito em 2003 juntamente com o seu Vice-governador, Erelu Olusola Obada. O estado de Osun é o lar de muitos dos mais famosos marcos da Nigéria, incluindo o campus da Universidade Obafemi Awolowo, preeminente instituição de ensino superior da Nigéria. A universidade também está localizada na antiga vila de Ile-Ifé, um importante centro de desenvolvimento político e religioso da cultura Yoruba. Outras importantes cidades e vilas incluem as capitais do antigo reino Oke-Ila Orangun, Ila Orangun, Ede, e Ilesa.

História[editar | editar código-fonte]

Rio Osun em Osogbo, estado de Osun.

O moderno Estado Osun foi criado em 1991 de parte do velho estado Oyo. O nome do estado é derivado do rio Osun, a venerada primavera natural que é a manifestação da orixá yoruba do mesmo nome.

O Governador Oyinlola recentemente lançou e pôs os alicerces da inovadora Universidade do estado de Osun com seis campus universitários (Osogbo, Okuku, Ikire, Ejigbo, Ifetedo, e Ipetu-Ijesha) localizados estrategicamente em todo o estado.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Templo de Osun.

Todo ano, aderentes e não aderentes de Oxum, um dos Orixás (as tradicionais divindades do povo Yoruba), viajam de todo o mundo para assistir ao festival anual de Osun-Osogbo em agosto. Visitantes incluem nacionais, do Brasil, de Cuba, Trinidad e Tobago, Grenada, e outras nações nas Américas, com um significativo patrimônio cultural Yoruba. As festividades tradicionais anuais e as invocações da orixá Osun são mantidas ao longo dos bancos do rio que carrega o seu nome no qual ela se transformou.

Ọṣun-Ọṣogbo Grove, o santuário dos ritos anuais da divindade e um importante centro artístico, foi declarado Património Mundial em 2005.

Demografia[editar | editar código-fonte]

As principais sub-grupos étnicos do Estado Ọṣun, são Ife, Ijesha, Oyo, Ibolo e Igbomina das tribos Yoruba, embora haja também pessoas de outras partes da Nigéria. Yoruba e Inglês são as línguas oficiais.

Divisões administrativas[editar | editar código-fonte]

O Estado de Osun é dividido em três distritos senado federal, cada um dos quais é composto de duas áreas administrativas. O estado compõe-se de trinta Áreas de Administração Local, a primária unidade (terceiro nível) do governo na Nigéria.

Estado de Osun tem 30 Áreas de Administração Local, e estão listados abaixo com as suas sedes em parênteses:

Referências

  1. a b C-GIDD (Canback Global Income Distribution Database). Canback Dangel. Página visitada em 2008-08-20.
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Nigéria, integrado ao Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.