Ouidah

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de en. Ajude e colabore com a tradução.
A Porta do Não Retorno
A Porta do Não Retorno
Ouidah está localizado em: Benim
Localização no Benin
6° 22' N 2° 05' E
País  Benin
Departamento Atlantique (departamento)
Área
 - Total 364 km²
Altitude 65 m (213 pés)
População (2002)
 - Total 76 555
Fuso horário WAT (UTC+1)

Ouidah (play /ˈwdə/), também Whydah /ˈhwdə/ ou Juda,[1] é uma cidade localizada na costa Atlântica ou costa ocidental africana, atual República de Benim. Conhecida também como: Ouidá, Whidah, Hweda, Uidá, Ajudá A comuna cobre uma área de 364 quilômetros quadrados e em 2002 tinha uma população de 76.555 pessoas.[2]

Portugueses, ingleses e franceses construíram fortificações na cidade para proteger seus interesses no tráfico de escravos. Os portugueses chegaram à cidade, que chamavam "Ajudá", em 1580, e a fortaleza de São João Batista de Ajudá foi por eles erguida em 1721, continuando sob o controle de Portugal até 31 de julho de 1961, nesse período Ouidah exportou boa parte de seus escravos para os portos de Salvador na Bahia.

História[editar | editar código-fonte]

Estatuto de Patrimônio Mundial[editar | editar código-fonte]

Este local foi adicionado ao Patrimônio Mundial da UNESCO lista indicativa em 31 de outubro de 1996 na categoria Cultura.[3]

Referências

  1. Kein, Sybil, Creole, p227
  2. Comunas do Benin. Statoids. Página visitada em 5 de janeiro de 2010.
  3. La ville d'Ouidah : quartiers anciens et Route de l'Esclave - UNESCO World Heritage Centre

Ver também[editar | editar código-fonte]

6° 22′ N 2° 05′ E

Patrimônio edificado[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Benim, integrado ao Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.