P.M. (autor)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um "bolo" urbano.

P.M. (as iniciais mais comumente utilizadas no sistema telefônico suíço, geralmente grafadas em minusculas, p.m.) é o pseudônimo de um autor suíço (nascido em 1946), conhecido mundialmente por seus livros Bolo'bolo de 1983 e Akiba de 2007. Sua obra permanece estreitamente relacionada as correntes de ação e filosofia anarquista e anticapitalista, com propostas de transformação relacionadas em grande medida ao comunalismo experimental.

Bolo'bolo[editar | editar código-fonte]

Bolo'bolo tem como fundamento a ideia de superação do sistema capitalista em prol do surgimento de redes de socialidade descentralizada difundidas e propagadas por comunidades autônomas libertárias (os chamados bolos) definidas por gostos, estilos de vida e afinidades partilhadas por seus membros. Nesta mesma obra P.M. apresenta um conjunto de referenciais simbólicos criados tal qual uma linguagem planejada incipiente (asa'pili) com vistas para transformação social, termos e preceitos a serem partilhados por uma possível "comunidade global de comunidades" (ou bolo'bolo).

Símbolo equivalente ao conceito de bolo

Publicado originalmente em alemão pela editora suíça Paranoia City, Bolo'bolo foi traduzido para o francês, italiano espanhol e russo, tendo uma versão em português publicada no Brasil pela Editora Deriva e uma versão em inglês publicada nos Estados Unidos pela Editora Autonomedia. Trata-se de uma obra livre de licença autoral.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  • Hakim Bey, Imediatismo (1994), ISBN 1873176422, p. 14.
  • Martin d'Idler. »bolo’bolo« (1983) von P. M., UTOPIE kreativ, H. 205 (Novembro de 2007), 1066-1071 [2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal Portal da Anarquia

Ligações externas[editar | editar código-fonte]