Painel de bordo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrows 2.svg
Foi proposta a fusão deste artigo ou se(c)ção com Painel de instrumentos. Por favor crie o espaço de discussão sobre essa fusão e justifique o motivo aqui; não é necessário criar o espaço em ambas as páginas, crie-o somente uma vez. Perceba que para casos antigos é provável que já haja uma discussão acontecendo na página de discussão de um dos artigos. Verifique ambas (1, 2) e não se esqueça de levar toda a discussão quando levar o caso para a central. (desde dezembro de 2010)
Odômetro de um Opala, considerado um Dashboard
Painel de uma Suzuki Hayabusa, também considerado um Dashboard

O termo painel de bordo ou dashboard é utilizado para indicar um "painel de indicadores", como por exemplo o painel de indicadores de um automóvel (indicador de velocidade, indicador de rotações do motor, indicador de temperatura do motor, indicador do nível do óleo etc.).

Um painel sob o pára-brisas de um automóvel ou aeronave, contendo indicador mostradores, compartimentos e, às vezes, controlos; originalmente uma protecção contra as condições climáticas

Áreas[editar | editar código-fonte]

Computação[editar | editar código-fonte]

Em Tecnologia da Informação, uma tela, composta de uma ou mais camadas, sob a forma de um painel, com instrumentos virtuais (knobs, mostradores, bargraphs) onde se associam variáveis a serem monitoradas além de gráficos que mostram a evolução de variáveis, por exemplo, no tempo.

Dashboards com informações gerais são normalmente denominados widgets, como os usados em Windows Vista e Mac.

Os Dashboards fornecem uma representação ilustrada do desempenho dos negócios em toda a organização.

Os Scorecards fornecem uma representação visual dos indicadores chave de desempenho (KPIs) – indicadores cuidadosamente selecionados que ajudam as empresas a medir e gerenciar o desempenho.

Relatórios de Métrica Gerenciada são a base do CPM (Corporate Performance Management), permitindo que os gerentes monitorem continuamente o desempenho dos negócios.

Dashboards e Scorecards em Cascata são entregues em todas as áreas funcionais da organização.

A onipresença de Dashboards e Scorecards asseguram que qualquer número de usuários possa, com segurança, ter acesso aos relatórios de que necessitam em qualquer parte e a qualquer momento usando qualquer interface.

A personalização automática do conteúdo de Dashboards e Scorecards é um recurso importante que requer uma robusta arquitetura de plataforma que garante o acesso aos dados apenas a usuários autorizados.

Os Dashboards e Scorecards fornecem informações imediatas sobre o desempenho dos negócios em toda a empresa. Tipicamente, são gerados para os gerentes e executivos que precisam de uma visão geral do negócio e consideram primordial dispor de uma visualização intuitiva e oportuna dos dados estratégicos, financeiros e operacionais.

Inúmeros ERPs oferecem plataformas que fornecem toda uma gama de recursos de Dashboards e Scorecards. Geralmente contém ambientes de reporting, que combinam técnicas gráficas de layout, usadas para produzir Dashboards e Scorecards com a tradicional formatação de relatórios, utilizando faixas (ranges) para produzir relatórios ricos em dados, mas visualmente atraentes. As organizações podem gerenciar o desempenho, de forma abrangente, melhorando as informações empresariais, alcançando todos os indivíduos na empresa com visual atraente.

Métodos de Gerenciamento de Desempenho:

Visualizar dados-chave do desempenho em formato gráfico.
Mostrar os resultados de desempenho rapidamente, utilizando os recursos visuais.
Utilizar Dashboards e Scorecards como gateways para análise de primeira ordem e análise avançada.
Monitorar zonas vermelhas e definir níveis limiares para indicadores e disparar as entregas de alerta.
Ligar os KPIs individuais às metas da empresa.
Scorecards em cascata e Dashboards em toda a organização e através da cadeia de valores.
Fornecer Dashboards e Scorecards via e-mail, de forma programada ou através de alertas.
Atingir todas as pessoas – dos gerentes executivos aos novos funcionários.
Incorporar todos os dados empresariais – financeiros e operacionais – de todo processo de negócio em todo o mundo.[1]

Negócios[editar | editar código-fonte]

Os dashboards podem ser classificados nos seguintes tipos: - Executivos; - Operacionais; - de Simulação.

Dentro do conceito de BPM (Business Process Management) os dashboards devem ser o "produto final" na fase BAM (Business Activities Monitoring).

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.