Paul Ernst

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Karl Friedrich Paul Ernst (1888, Eblingerote - 1933), poeta, escritor e jornalista alemão.

Estando acostumado à descrição de novelas à maneira literária antiga, das quais publicou traduções em 1902, Ernst acentua em seus romances uma tendência à clareza plástica, a qual ele também defendia tetricamente como adepto do neoclassicismo. Além de romances, publicou tratados sobre leis de proteção ao operário e sua regulamentação internacional. Utilizou o pseudónimo de P. W. Spaßmöller.

Obra Lírica[editar | editar código-fonte]

Colecção "Beten und Arbeiten"; poemas soltos.

Obra Dramática[editar | editar código-fonte]

  • Tragédias:

"Beatrice und Deflores", "Brünhild", "Canossa", "Demetrios", "Ninon de Lenclos" entre outras.

  • Comédias:

"Eine Nacht in Florenz", "Komödianten", entre outras.

Obra Literária[editar | editar código-fonte]

  • Romances:

"Das Glück von Lautenthal", "Saat auf Hoffnung", "Der schmale Weg zum Glück" entre outros.

  • Novelas e Narrações:

"Die Hochzeit", "Komödiantengeschichten", "Spitzbubengeschichten", entre outras.

  • Memórias:

"Jünglingsjahre"

  • Ensaios literários, artísticos, religiosos e sociais:

"Ein Credo", "Erdachte Gespräche", "Grundlagen der neuen Gesellschaft", "Tagebuch eines Dichters", "Der Zusammenbruch des deutschen Idealismus", entre outros.

Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.