Peak District

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde setembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Nuvola apps important.svg
A tradução deste artigo ou se(c)ção está abaixo da qualidade média aceitável.
É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este artigo conforme o guia de tradução.
Vista do Mam Tor

O Peak District é uma área de terras altas nas regiões central e norte da Inglaterra. A maior parte da área abrangida pelo Parque Nacional Peak District, cuja designação em 1951 fez dele o primeiro parque nacional das Ilhas Britânicas. Uma área de grande diversidade, é convencionalmente dividida em Norte Dark Peak, onde a maioria das charnecas são encontradas e cuja geologia é arenito, e no sul Branco do pico, onde a maioria da população vive e onde a geologia é principalmente à base de calcário. A proximidade desta última é com as principais cidades de Manchester e Sheffield. Estima-se que cerca de 10 milhões de pessoas visitam o parque anualmente, embora estes números não sejam oficiais, já outras fontes apontam para os 22 milhões o que o tornaria o 2º parque mais visitado do mundo.

O Parque Nacional abrange 555 milhas quadradas que é o equivalente a 1.440 km2 Apesar disso, é apenas o 5º maior parque nacional na Inglaterra e no País de Gales.

Teorias sobre a derivação do nome Peak District incluem a idéia de que ele veio do Pecsaetan ou peaklanders, uma tribo de anglo-saxões, que habitavam a parte central e norte da área Século VI, quando caiu dentro do grande reino Anglian de Mércia.

O Peak District oferece oportunidades para diversos tipos de atividades ao ar livre. Uma extensa rede de caminhos públicos e inúmeras trilhas de longa distância - mais de 1.800 milhas (2.900 km), no total, bem como grandes áreas de acesso livre, estão disponíveis para caminhar e andar de bicicleta.

Bridleways são normalmente usadas por ciclistas de montanha, bem como cavaleiros. Algumas das trilhas de longa distância, como a Trilha do Pico Alto e Tissington Trail, reutilizam linhas ferroviárias antigas;. Existem igualmente programas para se fazer passeios mais acessíveis para os caminhantes menos ágeis.

Hope Valley Line[editar | editar código-fonte]

A Hope Valley Line é uma linha férrea que liga Sheffield, na Inglaterra com o Manchester. Foi concluída em 1894.

A partir de Sheffield, a linha ramifica-se, e os comboios que seguem a camimnho da Midland Main Line para Dore, para passar através do túnel Totley (o segundo mais longa na Inglaterra).

Esta linha surge no cenário deslumbrante do Vale Esperança (Hope valley) de Derbyshire, e passa através de enumeras estações de comboios que se espalham através desta magnifica zona.

Notas[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]