Pedro II de Alexandria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Papa Pedro II de Alexandria serviu como Patriarca de Alexandria entre 373 e 380 d.C. Ele é comemorado no sinaxário copta no dia 20 de Meshir, dia de sua morte.[1]

Atanásio tinha designado-o como seu sucessor antes de morrer, em 373 d.C.

Ele foi um zeloso oponente do arianismo[2] e, imediatamente após sua consagração, o prefeito Palladius, agindo sob ordens do imperador Valente, o expulsou da cidade e, com a ajuda do bispo de Antioquia, o ariano Euzóio, instalou Lúcio em seu lugar, um ariano.[3]

Pedro então se refugiou em Roma, onde o Papa Dâmaso I o recebeu e deu-lhe seu apoio contra os arianos. Em 373 d.C., Pedro retornou a Alexandria, onde Lúcio cedeu a posição temendo a reação popular.

Referências

  1. Severus of Al'Ashmunein (Hermopolis). History of the Patriarchs of the Coptic church of Alexandria (1904) Part 2: Peter I - Benjamin I (661 AD). Patrologia Orientalis 1 (em inglês) 383-518 (pp.119-256 do texto) pp. Tertullian.org. Visitado em 2 de janeiro de 2011.
  2. Wikisource-logo.svg "The Church of Alexandria" na edição de 1913 da Catholic Encyclopedia (em inglês)., uma publicação agora em domínio público.
  3. Wikisource-logo.svg Este artigo incorpora texto do verbete Euzoïus, Arian bp. of Antioch no "Dicionário de Biografias Cristãs e Literatura do final do século VI, com o relato das principais seitas e heresias" (em inglês) por Henry Wace (1911), uma publicação agora en domínio público.
Pedro II de Alexandria
(373 - 373 / 373 - 380)
Precedido por: Gold Christian cross.svg
Lista dos patriarcas / papas de Alexandria
Sucedido por:
Atanásio
Lúcio de Alexandria (ariano)
21.º Lúcio de Alexandria (ariano)
Papa Timóteo I


Ícone de esboço Este artigo sobre Cristianismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.