Perineoplastia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Perineoplastia ou Plicatura de Kelly-Kennedy[1] é uma cirurgia plástica íntima, onde a região perineal é reconstruída. Este procedimento costuma ser realizado em mulheres que tiveram laceração da musculatura da vagina, ocasionando algum tipo de transtorno, como a eliminação de pequenas quantidades de urina ao realizar algum esforço.[2]

Essa laceração das paredes vaginais pode ser ocasionada por partos normais consecutivos. No nascimento, os médicos podem cortar alguns músculos do períneo para a criança sair. A vagina fica um pouco mais alargada, ocasionando certa perda de sensibilidade por atrito e às vezes flatos vaginais, durante o ato sexual.[3] Assim o orgasmo pode tornar-se difícil.[4] Além disso, existe possibilidade de queda da bexiga, ocasionando incontinência urinária.[4] Ocorre também com a chegada da velhice.

A cirurgia é realizada na parte externa da vagina.[5]

Notas e referências

  1. Cirurgias do assoalho pélvico. Visitado em 08/02/2009.
  2. Cirurgia plástica íntima para homens mulheres aumenta auto-estima alivia e constrangimento. Visitado em 08/02/2009.
  3. CIRURGIA DA INTIMIDADE. Visitado em 08/02/2009.
  4. a b Maioria opta pela estética. Visitado em 08/02/2009.
  5. Cirurgia da intimidade. Visitado em 08/02/2009.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Cirurgia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.