Urina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma amostra de Urina

Urina é um subproduto líquido do corpo, tipicamente estéril (na ausência de doenças), secretada pelos rins, depositada na bexiga e excretado pela uretra. O metabolismo celular gera vários subprodutos, muitos ricos em nitrogênio, que precisam ser eliminados da corrente sanguínea. Estes subprodutos são eventualmente expelidos do corpo em um processo conhecido como micção, o método primário para excretar do corpo substâncias químicas solúveis em água. Estas substâncias químicas podem ser analisadas por uranálise. É uma forma de limpar o organismo liberando gorduras,sais e outros.

Nos mamíferos, a urina é um fluido excretório resultante da filtragem do sangue nos rins. Nas aves e nos répteis é uma excreção sólida ou semi-sólida.

A urina é constituída pela filtração do plasma com posterior reabsorção dos nutrientes ainda presentes no mesmo, pelo túbulo proximal. A filtração é feita nos néfrons, que obtém uma parede, um tubo, que é chamado de túbulo, o qual é rodeado de vasos sanguineos, que sugam os nutrientes que o organismo precisa, para depois ir para o ureteres, para a bexiga para ser armazenada, e passada para a uretra para finalmente ser expelida.

Ela é conveniente para as fraudes no leite, pois disfarça a adição de água no leite, garantindo a densidade similar à do leite não adulterado.[1] [2]

Referências

  1. Julio Cezar Foschini Lisbôa e Monique Bossolani, EXPERIÊNCIAS LÁCTEAS (1997), Disponível em: http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc06/exper1.pdf
  2. Heloisa Cristaldo, Anvisa alerta para os problemas causados pelo consumo de leite adulterado (09/05/2013), Disponível em: http://www.ebc.com.br/noticias/saude/2013/05/consumo-de-leite-com-formol-nao-e-seguro-alerta-anvisa
Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.