Pus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O pus é uma secreção de cor amarelada, ou amarelo-esverdeada, frequentemente mal cheirosa, produzida em consequência de um processo de infecção bacteriana e constituída por leucócitos ou glóbulos brancos em processo de degeneração, plasma, bactérias, proteínas, e elementos orgânicos.

Olho com conjuntivite excretando pus.

O excesso de pus pode levar a sérias consequências, como a formação de fístulas, abscessos entre outros.

Quando ocorre o seu aparecimento, indica que algo entrou no organismo e o sistema linfático acionou os glóbulos brancos, um dos sistemas de defesa do organismo para proteger e defender-nos dos seres vivos invasores, normalmente microscópicos.

Apesar da mais comum coloração, é perfeitamente possível serem observadas coleções purulentas com outras colorações. Pus azulado é encontrado em infecções por Pseudomonas æruginosa como resultado do pigmento bacteriano piocianina que este micro-organismo produz; abscessos amebianos hepáticos por sua vez produzem pus de coloração acastanhada, o pus é liberado em consequência de feridas inflamadas ou em algumas doenças de pele, como por exemplo, o furúnculo.

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.