Persona (marketing)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Personas são personagens fictícios criados para representar os diferentes tipos de usuário dentro de um alvo demográfico, atitude e/ou comportamento definido que poderia utilizar um site, uma marca ou produto de um modo similar. Personas são uma ferramenta ou método de segmentação de mercado. O termo persona é usado amplamente em aplicações online e tecnológicas, bem como em em publicidade, onde outros termos como retratos de pena também podem ser usados.

São úteis para consideração dos objetivos, desejos e limitações de usuários e compradores de marcas com o objetivo de ajudar a guiar decisões sobre um serviço, produto ou espaço de interação tais como características, interações e o design visual de sites web. Personas são frequentemente usadas como parte de um processo de design centrado no usuário para projetamento de software e também são considerados uma parte do design de interação (IxD), tem sido usados no design industrial e mais recentemente para finalidades de marketing online, como por exemplo no marketing de conteúdo[1] .

Personas é uma ferramenta de usabilidade que utiliza pessoas fictícias para representar usuários de um site ou produto.

Personas é utilizado em projetos centrados no usuário, definindo os objetivos e desejos dos reais usuários, orientando decisões como: a interface, a navegação, os recursos e demais elementos do projeto de design.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]