Pete Woods

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pete Woods
Residência Portland, Oregon
Cônjuge Rebecca Woods
Principais trabalhos Action Comics
Deadpool
Página oficial
http://www.artofpete.com

Peter "Pete" Woods é um desenhista americano que se tornou conhecido no final da década de 1990, por seu trabalho na revista Deadpool, publicada pela Marvel Comics. A partir da década seguinte Woods começou a trabalhar para a DC Comics, desenhando inúmeras revistas, como a clássica Action Comics, na qual trabalhou em 2006, durante os arcos de história Up, Up and Away! e Back in Action e novamente em 2010, durante The Black Ring.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Woods começou a sua carreira artística profissionalmente em 1996, ao ser contratado como estagiário da editora WildStorm. Naquele mesmo ano foi creditado pela primeira vez como desenhista substituto nas revista Stormwatch. No ano seguinte, ainda na WildStorm, desenhou a revista Backlash[1] .

No final da década de 1990, após ter desenhado algumas edições da revista Excalibur, publicada pela Marvel Comics, substituiu Ed McGuinness como o desenhista da revista Deadpool durante a emblemática passagem do escritor Joe Kelly[1] . Uma das histórias da dupla seria indicada, em 1998, ao Harvey Award de "Best Single Issue or Story"[2] . Entre 2000 e 2004 Woods desenhou cerca de 50 edições da revista Robin, ao lado do escritor Chuck Dixon[1] .

Em 2002 Woods se uniu a outros artistas de Portland, Oregon e fundou o Mercury Studio[3] , um coletivo de artistas moradores da cidade que continuaria crescendo nos anos seguintes, incluindo profissionais de diversas áreas. Em 2007, o grupo mudaria seu nome para "Periscope Studios"[4] [5] .

Em 2006, uniu-se a Kurt Busiek e Geoff Johns para a produção de Up, Up and Away!, a primeira história do personagem após o evento Crise Infinita. No mesmo ano, ao lado de Busiek e do argentino Fabian Nicieza, desenhou outra história do personagem, Back in Action[6] . Em 2007, foi o desenhista da criticada minissérie Amazons Attack[1] e no ano seguinte retornou às revistas de Superman, como um dos desenhistas do extenso arco de história Novo Krypton. Em 2010, após a conclusão da história, foi anunciado como o desenhista da revista Action Comics[7] , na qual trabalhou ao lado do escritor Paul Cornell durante a aclamada história The Black Ring[8] .

Carreira[editar | editar código-fonte]

A arte de Woods pode ser encontrada nas seguintes obras:

DC
Marvel
Outras editoras
  • Shotgun Mary: Deviltown (Antarctic Press, 1996)
  • Stormwatch #39 (Image, 1996)

Referências

  1. a b c d Brian Cronin (15 de abril de 2008). Comic Book Alphabet of Cool – W (em inglês) Comic Book Resources.. Página visitada em 22 de outubro de 2011.
  2. 1998 Harvey Award Nominees (em inglês) The Harvey Awards.. Página visitada em 22 de outubro de 2011.
  3. Inara Verzemnieks (2 de março de 2005). Real superheroes: Artists of Portland's Mercury Studio (em inglês) Seattle Times.. Página visitada em 22 de outubro de 2011.
  4. Douglas Wolk (7 de agosto de 2007). Título não preenchido, favor adicionar (em inglês) Publishers Weekly.. Página visitada em 22 de outubro de 2011.
  5. Joseph Dilworth Jr. (24 de abril de 2008). Exclusive Interview With Periscope Studios (em inglês) Pop Culture Zoo.. Página visitada em 22 de outubro de 2011.
  6. Marcus Vinicius de Medeiros (18 de abril de 2006). Kurt Busiek e Fabian Nicieza em arco de histórias de Super-Homem (em português) Omelete.. Página visitada em 22 de outubro de 2011.
  7. Renaud, Jeffrey (March 23, 2010). Woods Takes Flight on "Action Comics" Comic Book Resources. Página visitada em July 24, 2010.
  8. Paul Cornell: A DC Exclusive Comic Book Resources. (22 de junho de 2010). Página visitada em 5 de junho de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]