Ponte Szabadság

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde novembro de 2011).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.
Ponte da Liberdade, Budapeste

A Ponte da Liberdade ou Szabadság híd em Budapeste, na Hungria, liga através do rio Danúbio, Buda (Hungria) a Peste (Hungria). É a 3ª mais a sul das pontes públicas de Budapeste, localizada na parte mais a sul da cidade.

Esta ponte tem como extremidades: - Gellért tér (tér significa praça, fica aos pés da colina Gellért, tendo perto o SPA Gellért e o Hotel Gellért); - Fővám tér (que vai desembocar no Mercado Municipal e na Universidade de Corvinus).

A ponte foi construída entre 1894 e 1896, tendo como arquitecto János Feketeházy. Embora diferente das outras imita ainda assim uma ponte de correntes, o que era considerado preferencial à altura de sua construção. A ponte foi inaugurada pelo Imperador Franz Joseph. O último rebite prateado foi colocado pelo próprio Imperador e originalmente a ponte tinha seu nome.

Destruída na 2ª Guerra Mundial a 16 de Janeiro de 1945, reconstruída e terminada a 20 de Agosto de 1946.

Tem 333,6 metros de comprimento e 20,1 metros de largo. Os pilares mais altos foram decorados com grandes estátuas de bronze de Turul,uma espécie de falcão, o animal mais importante na mitologia Húngara, e o pássaro que dá origem ao próprio povo maygar. O Turul tornou-se um símbolo de poder, força e nobreza, ainda hoje ele é usado como símbolo nos casacos do Exército Húngaro e nos escritórios de Defesa Nacional.