Reatância indutiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portal A Wikipédia possui o portal:

A reatância indutiva é oposição à corrente CA devida à indutância de um circuito elétrico, circuito eletrônico ou bobina. É medida em ohms (Ω), designada pelo símbolo X_L e igual à indutância em henrys (H) multiplicada por 2 π vezes a freqüência em Hertz.

O indutor age de forma inversa ao capacitor, enquanto a corrente alternada CA passa livremente pelo capacitor e a corrente contínua CC é impedida de prosseguir. Já no indutor ocorre o inverso, a corrente contínua CC passa normalmente sem encontrar resistência. Em circuitos de corrente contínua CC, o indutor é considerado com resistência infinita ao ligarmos o circuito e com resistência nula depois de certo tempo. Já a corrente alternada CA encontra uma resistência gerada pelo campo magnético criado pelo indutor, entretanto essa resistência pode variar de acordo com a frequência da corrente alternada pois essa resistência (reatância indutiva) é diretamente proporcional á frequência (quanto maior a frequência da corrente, maior a reatância indutiva).

Quando X > 0 a reatância é (X_L) e o seu valor em ohms é dado por:

X_L=2\pi fL \,\!

onde L é a Indutância dada em henrys, f é a freqüência dada em Hertz.

Em um circuito formado por uma fonte CA e um indutor(fig.1), a resistência  R (Ω) pode ser substituída pelo indutor  X_L (H) na Lei de ohm
para se calcular  I_L (A) e  V_L (V) 1 .Portanto:

Circuito com indutor(fig. 1).

 V_L=X_L I_L

 I_L=\frac{V_L}{X_L}

 X_L=\frac{V_L}{I_L}

Referências

  1. Gussow, M. Eletricidade Básica. São Paulo: Pearson Makron Books, 1997. ISBN 85-34606-12-9


Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.