Refém

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
As forças policiais frequentemente realizam treinamentos visando a libertação de reféns tomados à força, como neste exercício.

Refém é uma pessoa ou entidade que, em situações extremas, fica em poder de outrem, como garantia de que alguma coisa será feita.[1] Pode, por exemplo, ser uma pessoa importante, cidade ou praça de guerra tomada ou entregue a uma de duas partes beligerantes como garantia da execução de certas injunções, convenções ou tratados,[1] ou como meio de evitar certos atos de guerra, ou pode ser uma vítima de sequestro feito com vistas a garantir que um terceiro, seja ele um parente do sequestrador, seu empregador, uma autoridade ou força governamental, a atuar de determinada maneira, muitas vezes sob risco de ameaça física a este refém após um ultimato.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre criminologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.