Séssil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Em morfologia botânica, séssil aplica-se a um órgão que não possui pecíolo ou haste de suporte, inserindo-se directamente no órgão principal (ex: folhas sésseis).

Em zoologia, principalmente em biologia marinha e limnologia, denominam-se organismos sésseis aqueles que não se deslocam voluntariamente do seu local de fixação (mas sem viverem enterrados no substrato – ver meiofauna), como a maioria das macroalgas, as ostras, as esponjas e os corais.