Saint-Preux

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde dezembro de 2011).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.
Saint-Preux
Nome completo Saint-Preux
Nascimento 1950
França
Residência França
Nacionalidade Francesa
Ocupação compositor

Saint-Preux (nome artístico de Christian Langlade[nota 1] ) nascido em 1950[1] é um compositor francês de música clássica contemporânea, combinando elementos da música popular e da música eletrônica[2] [3] [4] .

Biografia[editar | editar código-fonte]

Saint-Preux cresceu na pequena cidade de Mervent[1] . Em 1968, ele já tinha lançado alguns discos 45 rpm com suas canções, incluindo Une étrange musique (Uma Estranha Música), a qual alcançou o #71 lugar no ranking francês de discos daquele ano[5] . Em agosto de 1969, participou do Festival Internacional da Canção de Sopot (Polônia), com sua primeira importante composição La valse de l'enfance (A Valsa da Juventude). A canção foi defendida por Henri Seroka e o próprio Saint-Preux regendo a orquestra sinfônica. Sua música recebeu o prêmio Grand Prix de la Presse (Grande Prêmio da Imprensa) no festival e foi lançada no mesmo ano no Festival Seroka e gravada como single pela EMI-Odeon[6] [7] . Durante sua estadia na Polônia, compôs o que veio a ser o seu maior sucesso o Concerto pour une Voix (Concerto para Uma Voz).

Quando Saint-Preux retornou à França, René Boyer, líder da gravadora Fantasia, convenceu-o a gravar seu Concerto para uma voz. Apesar de escrito originalmente para trompete e cordas, Saint-Preux ouviu a cantora francesa Danielle Licari ensaiando num outro estúdio, decidiu gravá-lo com sua voz fazendo parte do trompete usando uma técnica vocal similar à scat singing do jazz. A canção, lançada no selo DiscAZ em 1969, fez tanto a carreira dele quanto a dela[8] .

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Concerto pour une voix (1969)
  • Le piano sous la mer (1972)
  • La passion (1973)
  • La fête triste (1974)
  • Your hair & Missa Amoris (1975)
  • Concerto pour piano (1975)
  • Symphonie pour la Pologne (1977)
  • To be or not (1980)
  • Le piano d'Abigaïl (1983)
  • Atlantis (1983)
  • Phytandros (1991)
  • The last opera (1994)
  • Free Yourself (1999)
  • Concerto pour deux voix (2005)
  • Jeanne la Romantique (2007)
  • Le désir (2009)

Notas

  1. Saint-Preux é um pseudônimo. O nome Saint-Preux é conhecido na literatura como sendo o do protagonista masculino de Julie ou la Nouvelle Héloïse, romance de Jean-Jacques Rousseau escrito em en 1761.

Referências

  1. a b Official biography
  2. Gramophone."Saint-Preux: Concerto pour une Voix". Maio de 1973. Página visitada em 18 de novembro de 2010.
  3. United States Copyright Office. Catalogue entries Número de registro: PA0000020602 / [musique] Saint-Preux [pseud. of Christian Langlade]. Imprint: [Paris] : Editions Heloise, c1978. Página visitada em 18 de novembro de 2010.
  4. Mission du Bicentenaire de la Révolution française et de la Déclaration des droits de l'homme et du citoyen. Le Bicentenaire de la Révolution: répertoire numérique détaillé des archives de la Mission du Bicentenaire. Archives Nationales (1991) p. 29. ISBN 2860001875.
  5. Infodisc. Détail par Artiste: Saint-Preux. Página visitada em 18 de novembro de 2010 (em francês).
  6. Bałtycka Agencja Artystyczna. Sopot Festival 1969. Página visitada em 18 de novembro de 2010 (em polonês).
  7. Encyclopédisque. Saint-Preux. Página visitada em 18 de novembro de 2010 (em francês).
  8. Official biography of Danielle Licari. Página visitada em 18 de novembro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Nota[editar | editar código-fonte]