Sanctuary (série)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sanctuary
Informação geral
Formato Seriado
Duração 42min
Criador(es) Damian Kindler
País de origem  Canadá
Idioma original Inglês
Produção
Produtor(es) Damian Kindler
Amanda Tapping
Martin Wood
Keith Beedie
N. John Smith
Sam Egan
Andrea Gorfolova
Carrie Mudd
Elenco Amanda Tapping
Robin Dunne
Ryan Robbins
Christopher Heyerdahl
Agam Darshi
Emilie Ullerup
Exibição
Emissora de
televisão original
Syfy
Transmissão original 3 de outubro de 2008 –
N.º de temporadas 3
N.º de episódios 8 (webisódios)
39 (TV)

Sanctuary é uma série de televisão canadense de ficção científica e fantasia criada por Damian Kindler. O show é uma expansão de uma série de oito webisódios que foi lançada sem qualquer custo por meio da Internet no início de 2007. Vendo o sucesso da série na web, o Syfy decidiu escolher a série para uma mais tradicional temporada de televisão de 13 episódios.[1] Uma segunda temporada de 13 episódios foi exibida em 2009-2010,[2] e Sanctuary foi renovada para uma terceira temporada de 20 episódios em 12 dezembro de 2009.[3] Em Janeiro de 2011, Sanctuary foi autorizada a produção de uma quarta temporada.[4] Dia 21 de maio de 2012 foi anunciado o cancelamento da série.[5]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Sanctuary segue o trabalho da Dra. Helen Magnus (Amanda Tapping) e sua missão de proteger criaturas cuja existências só foi imaginada, lendas, animais e pessoas normais com poderes extraordinários - o que a maioria das pessoas considerariam monstros. O Santuário funciona como um porto seguro para esses anormais. Magnus foi inicialmente ajudada em sua missão por seu relutante protegido Will Zimmerman (Robin Dunne); sua corajosa e, em aguns casos, descuidada filha Ashley (Emilie Ullerup); o lobisomem nerd e tagarela Henry Foss (Ryan Robbins), um especialista em computação e sistemas de segurança; e o carrancudo Neanderthal-assistente, interpretado por Christopher Heyerdahl (que não tem nome, mas é listado como Pé Grande nos créditos iniciais).

A história da Dra. Magnue é revelada gradualmente. Na juventude ele foi treinada por seu pai, um brilhante cientista do período vitoriano, a procurar, estudar e proteger os anormais. Helen era membro de um grupo de cientistas dados a experimentação conhecidos como “Os Cinco”, que incluía Nikola Tesla (Jonathon Young), Nigel Griffin, Dr. James Watson (Peter Wingfield), e o namorado de Magnus John Druitt (interpretado por Heyerdahl), que queriam descobrir os limites do mundo físico de maneiras não-convencionais. Em algum ponto da parceria, Magnus adquiriu um frasco de sangue de vampiro o qual “Os Cinco” injetaram em si mesmos. Depois da injeção, cada um deles desenvolveu poderes anormais: Magnus deixou de envelhecer e tem longevidade indeterminada; Nigel Griffin adquiriu o poder de ficar invisível quando quer; o intelecto do Dr. James Watson for expandido; Nikola Tesla se transformou em um vampiro com poderes de manipular a eletricidade; John Druitt desenvolveu longevidade e a habilidade de se teleportar, mas, já psicologicamente instável e possuído por uma malévola criatura de energia (explicado no episódio 11 da segunda temporada), ele acabou se tornando o assassino Jack o Estripador.

Na segunda temporada é introduzida a 'Cabala (Sanctuary)', uma poderosa organização secreta que captura, estuda e faz experimentos com os anormais acreditando que eles são uma ameaça a raça humana. Durante o episódio final, “Revelations” eles testam uma arma biológica chamada Lazarus que fazia todos os anormais expostos se tornarem extremamente violentos e logo após morrerem dolorosamente. Isso seria parte do plano da 'Cabala (Sanctuary)' de tornar a população humana inimiga dos anormais, fazendo assim com que eles pudessem eliminar todos os anormais impunemente e ganhar influência política. Eles fazem uma lavagem cerebral em Ashley, e, na segunda temporada, a tornam um super-soldado vampiro a utilizando como líder de uma equipe organizada para atacar os outros Santuários através do mundo. Contra todas as possibilidades, Magnus e sua equipe conseguem pará-la no Santuário de Old City e Ashley, em um momento consciente, aparentemente se sacrifica. Seu pai, John Druitt, caça e mata todos os principais líderes da Cabala que é desmantelada.

Enquanto a segunda temporada prossegue, Magnus não acredita na morte da filha, porém acaba aceitando. Enquanto isso a equipe ganha um novo integrante, Kate Freelander (Agam Darshi), uma ex-agente frelance da Cabala. Eles ainda tem de lidar com uma crise na rede de Santuários quando é descoberto que Magnus havia desrespeitado a ordem de matar um poderoso anormal conhecido como “Grande Bertha”. No fim da segunda temporada e no começo da Terceira, um homem chamado Edward Forsythe (Callum Blue) tenta tomar o controle de Bertha para utilizar seus poderes e o líder do Santuário de Nova Iorque Terence Wexford (Paul McGillion) se rebela e tenta destruí-la inclusive arriscando a vida de Helen Magnus. É descoberto então que Big Bertha tem uma importância muito grande para todo o ecossistema terrestre e ainda pode se comunicar com humanos escolhidos utilizando o nome da deusa hindu Kali.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Sumner, Darren (2008-01-31). SCI FI picks up Tapping's Sanctuary GateWorld. Visitado em 28-04-2011.
  2. Fox, Erin (dezembro 4, 2008). Sanctuary Gets Caught in the Bermuda Triangle TV Guide. Visitado em 28-04-2011.
  3. Hibberd, James (dezembro 13, 2009). Syfy renews 'Stargate: Universe' and 'Sanctuary' The Live Feed. Visitado em 28-04-2011.
  4. Gorman, Bill (janeiro 18, 2011). Sanctuary Renewed For A Fourth Season By Syfy TV by the Numbers. Visitado em janeiro 18, 2011.
  5. Série "Sanctuary" é cancelada UOL Na Telinha (22 de maio de 2012). Visitado em 23 de maio de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]