Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Rio Grande do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente (SEMA), criada em 1999, é o órgão central do Sistema Estadual de Proteção Ambiental (SISEPRA), responsável pela política ambiental do RS. A partir de dezembro de 2014, sob forte protesto da comunidade ambientalista do Rio Grande do Sul, a pasta passou a ser denominada Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, conforme o projeto de Lei nº 282 /2014 do Poder Executivo, aprovado pela Assembleia Legislativa. A matéria altera a Lei n.º 13.601, de 01 de janeiro de 2011, que dispõe sobre a estrutura administrativa do Poder Executivo do Estado do Rio Grande do Sul e dá outras providências.

A Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável é constituída por três departamentos - Departamento Administrativo, Departamento de Florestas e Áreas Protegidas (DEFAP) e Departamento de Recursos Hídricos (DRH), e por duas vinculadas - Fundação Estadual de Proteção Ambiental (FEPAM) e Fundação Zoobotânica do RS (FZB-RS), além do Setor de Fauna e divisões que integram o DEFAP e o DRH.

Brasão do Rio Grande do Sul.svg

Principais programas[editar | editar código-fonte]

  • RS Biodiversidade;
  • Sistema de Monitoramento e Alerta de Desastres;
  • SIRAM;
  • Mata Ciliar;
  • Repovoamento da Araucária;
  • Conservação da Mata Atlântica;
  • Programa Aquífero Guarani;
  • Programa de Educação Ambiental Compartilhado;
  • Inventário Florestal;
  • Pró-Mar-de-Dentro;
  • SIGA-RS.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]