Space Seed

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Space Seed"
22º episódio da 1ª temporada de Star Trek
SpaceSeedKhan.jpg
Khan Noonien Singh
Informação geral
Escrito por: Gene L. Coon
Carey Wilber
História Carey Wilber
Direcção Marc Daniels
Código de produção 6149-24
Exibição original 16 de fevereiro de 1967
Convidados

Ricardo Montalbán como Khan
Madlyn Rue como Marla
Blaisdell Makee como Spinelli
Mark tobin como Joaquim
Kathy Ahart como Kati
John Winston como Kyle
William Blackburn como Hadley
Eddie Paskey como Leslie

Cronologia
Último
Último
"The Return of the Archons"
"A Taste of Amargeddon"
Próximo
Próximo
Lista de episódios de Star Trek

"Space Seed" é o vigésimo segundo episódio da primeira temporada da série de ficção científica Star Trek, que foi ao ar em 16 de fevereiro de 1967 pela NBC. Foi escrito pelo produtor da série Gene L. Coon e Carey Wilber, baseado em uma história concebida por Carey Wilber, e dirigido por Marc Daniels. Posteriormente este episódio serviu como base para o filme Star Trek II: The Wrath of Khan.

No enredo do episódio, a tripulação da Enterprise acorda um poderoso ditador do passado da Terra.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Na data estelar 3141.9, a USS Enterprise encontra uma nave à deriva no espaço. A nave é um carguerio modificado para carregar passageiros congelados criogenicamente. O casco a identifica como SS Botany Bay, apesar de não haver nenhum registro histórico da nave. Foi lançada da Terra na década de 1990, em uma era conhecida como Guerras Eugenicas.

Escaneando por sinais de vida, o Dr. Leonard McCoy confirma que há algo vivo abordo, porém ele não tem certeza se é humano. Um grupo de desembarque consistindo no Capitão Kirk, McCoy, Scotty e a historiadora Tenente Marla McGivers, é formado e se transporta para a nave. Kirk selecionou McGivers porque ela é especialista na história e cultura do século XX.

Como esperado, o grupo de desembarque encontra uma carga de 84 pessoas, 72 ainda vivas, em animação suspensa. Apesar de terem quase 300 anos de idade, eles não envelhereceram durante a viagem. McGivers encontra um tubo de estase que contém o corpo de quem ela acredita ser o líder de todos. De repente, o maquinário da capsula liga e seu ocupante para estar revivendo. McCoy percebe que o suporte de vida está falhando e o homem pode morrer. Kirk quebra o vidro e pucha o homem para revivê-lo. O homem é levado para a Enterprise para exames médicos.

Kirk faz a Botany Bay ser puxada por um raio trator, e a Enterprise parte para a Base Estelar 12, no sistema Gamma 40. Enquanto isso, na enfermaria, a Tenente McGivers se maravilha com o homem, que é uma relíquia viva de uma era que ela estudou durante toda a vida. McCoy acredita que ele vai se recuperar logo, e deve estar bem o suficiente para responder perguntas. Ela deixa a enfermaria e, de repente, McCoy se encontra com um objeto afiafo em sua garganta, cortesia do paciente. O homem acordou, e exige saber onde está. McCoy responde sugerindo que se o homem deseja matá-lo, ele poderia fazer isso cortando sua artéria carótida externa de forma rápida e limpa. Impressionado com sua bravura, o homem abaixa o objeto e se identifica como "Khan".

Spock descobre que o homem é Khan Noonien Singh, que, junto com seu povo, foram produtos das Guerras Eugenicas, onde superhomens manipulados geneticamente foram criados para serem soldados perfeitos. Os soldados acabaram se tornando senhores da guerra e dominaram um terço da Terra. No fim das Guerras Eugenicas, entre oitenta e noventa superhomens desapareceram. Khan é registrado como sendo o mais perigoso destes homens, que dominou muito do mndo ele próprio.

No meio tempo, Khan recebe aposentos; entretanto, ele protesta contra os homens armados guardando sua porta. McGivers é enviada para conversar com ele e lhe contar sobre os eventos atuais. Fica claro que McGivers está se apaixonando pelo belo e poderoso líder. Khan se aproveita disso e diz que ele pretende dominar a humanidade mais uma vez, e que precisa da ajuda dela para controlar a Enterprise. No início McGivers se recusa, porém enquanto ele aplica métodos de manipulação psicológica, ela aceita. Relutantemente, ela diz a Khan que irá fazer o que ele desejar.

McGivers secretamente transporta Khan para a Botany bay, onde ele revive os sobreviventes dos superhomens eugenicos. Eles retornam para a Enterprise e assumem o comando. Khan, que se familiarizou com a nave enquanto estava na enfermaria, corta o suporte de vida da ponte, e a equipe de comando desmaia. Khan mais tarde joga Kirk em um câmara de descompressão, e ameaça sufucá-lo lentamente se a tripulação não aceitar segui-lo. Sentindo-se culpada, McGivers liberta Kirk. Kirk ajuda Spock a escapar de seus captores e os dois ventilam gás anestésico pela nave para inabilitar Khan e seus seguidores

Khan consegue escapar do gás e foge para a engenharia, onde ele tenta destruir a Enterprise, porém Kirk chega e uma luta começa. Kirk é derrotado pela força geneticamente superior de Khan, mas ele consegue pegar uma ferramenta e usá-la como porrete, deixando Khan inconsciente.

Quando Khan e seus seguidores estão reunidos, Kirk decide que eles devem ser exilados, e escolhe Ceti Alpha V, um mundo traiçoeiro que ele acredita ser perfeito para Khan começar seu novo império. A vida em Ceti Alpha V não será fácil, porém Khan, impressionado com a ideia, afirma que ele está pronto para o desafio e aceita a oferta de Kirk. Ao invés de uma corte marcial para McGivers, Kirk permite ela se junte a Khan no exílio. Ao final, Spock afirma que seria interessante ver o que Khan consegue fazer em 100 anos.[1]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Remasterização[editar | editar código-fonte]

O episódio foi remasterizado em 2006 e foi ao ar em 18 de novembro de 2006 como parte da remastereização completa da série original. Foi precedido na semana anterior por "Mirror, Mirror" e seguido por "The Menagerie, Part I". Além da remasterização de áudio e vídeo, e das animações computadorizadas da Enterprise que são padrão nas revisões, mudanãs específicas para este episódio incluem:

  • A SS Botany Bay é agora renderizada em computação gráfica com mais detalhes em seu casco e uma integração mais suave com a Enterprise.[2]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Zack Handlen da The A.V. Club deu ao episódio uma nota "A", notando seus personagens fortes e a interação de Kirk e Spock que enfatiza sua amizade.[3] Em 1995, a Entertainment Weekly elegeu "Space Seed" como o segundo melhor episódio de toda a série,[4] enquanto a IGN o colocou na quarta posição de sua lista dos 10 melhores episódios.[5]

Referências

  1. Synopsis foi "Star Trek" Space Seed (1967) Internet Movie Database..
  2. Pascale, Anthony (19 de novembro de 2006). “Space Seed” Screenshots and FX Video TrekMovie.com.. Página visitada em 27 de junho de 2011.
  3. Handlen, Zack (3 de abril de 2009). "Space Seed" / The Wrath Of Khan The A.V. Club.. Página visitada em 27 de junho de 2011.
  4. "Special Edition", Entertainment Weekly, janeiro de 1995.
  5. Collura, Scott; Pirrello, Phil, Vejvoda, Jim. IGN's Top 10 Classic Star Trek Episodes - #4: "Space Seed" (2/16/67) IGN.. Página visitada em 27 de junho de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]