Subnível eletrônico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox question.svg
Esta página ou seção carece de contexto (desde maio de 2013).

Este artigo (ou seção) não possui um contexto definido, ou seja, não explica de forma clara e dire(c)ta o tema que aborda. Se souber algo sobre o assunto edite a página/seção e explique de forma mais clara e objetiva o tema abordado.

Os subníveis eletrônicos são subdivisões das camadas eletrônicas. Eles são designados pelas letras minúsculas, s, p, d e f . Sendo os subníveis g, h e i teóricos (estando vazios nos átomos dos elementos conhecidos).

A camada 1 é formada pelo subnível s.
A camada 2 é formada pelos subníveis s e p.
A camada 3 é formada pelos subníveis s, p e d.
A camada 4 é formada pelos subníveis s, p, d e f.
A camada 5 é formada pelos subníveis s, p, d e f.
A camada 6 é formada pelos subníveis s, p e d.
A camada 7 é formada pelos subnível s e p.

Cada subnível comporta um número máximo de elétrons:

  • subnível s: 2 elétrons
  • subnível p: 6 elétrons
  • subnível d: 10 elétrons
  • subnível f: 14 elétrons

Assim, a camada 1 por possuir apenas o subnível s, comporta apenas 2 elétrons. Já a camada 2 é formada pelos subníveis s e p e comporta 8 (2 + 6) elétrons. E assim por diante.

De forma simplificada, quanto mais distante está o subnível do núcleo, maior é sua energia. Desta maneira, poderíamos escrever a seguinte ordem crescente dos subníveis de energia:

1s<2s<2p<3s<3p<3d<4s<4p<4d<4f<5s<5p<5d<5f<6s<6p<6d<7s<7p

No entanto, à medida que se afasta do núcleo, a diferença de energia entre os vários subníveis vai se tornando cada vez menor e aumenta a possibilidade de haver inversão na sequência esperada. A energia de um subnível é proporcional à soma do número quântico principal (representado pela letra n) e o número quântico secundário (ou azimutal, representado pela letra l). Onde n é um número entre 1 e 7, e l é um número entre 0 e 3 (com n e l ∈ ℕ). Dessa forma para o subnível 3d temos: (n + l) → (3 + 2) = 5, e para o subnível 4s temos: (n + l) → (4 + 0) = 4. Assim, o subnível 4s, por exemplo, apesar de estar mais distante do núcleo que o subnível 3d, apresenta energia menor que a dele. A ordem crescente dos subníveis de energia passa então a ser a seguinte:

1s<2s<2p<3s<3p<4s<3d<4p<5s<4d<5p<6s<4f<5d<6p<7s<5f<6d ...



Tabela com os níveis e subníveis de energia[editar | editar código-fonte]

Nível Camada Número máximo
de eletrons atomo
Subnível
1 1 2 1S
2 2 8 2S 2P
3 3 18 3S 3P 3D
4 4 32 4S 4P 4D 4F
5 5 32 5S 5P 5D 5F
6 6 18 6S 6P 6D
7 7 8 7S 7P

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Santos Filho, Pedro F. "Estrutura atômica & ligação química". Campinas: UNICAMP, 1999.
  • Peruzzo, Tito Miragaia; Canto, Eduardo Leite do. "Química: na abordagem do cotidiano". Volume único, 1 ed., São Paulo: Moderna, 1996.