Sveinn Björnsson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sveinn Björnsson
Primeiro-ministro
Período de governo 17 de Junho de 1944
a 25 de Janeiro de 1952
Primeiro-ministro Björn Þórðarson
Ólafur Thors
Stefán Jóhann Stefánsson
Steingrímur Steinþórsson
Sucessor(a) Ásgeir Ásgeirsson
Vida
Nascimento 27 de Fevereiro de 1881
Copenhague,  Dinamarca
Morte 25 de janeiro de 1952 (70 anos)
Reiquejavique,  Islândia
Dados pessoais
Alma mater Universidade de Copenhague
Primeira-dama Georgia Björnsson
Profissão Advogado

Sveinn Björnsson (27 de Fevereiro de 1881 - 25 de Janeiro de 1952), filho de Björn Jónsson (editor e depois ministro) e Elísabet Sveinsdóttir, foi o primeiro presidente da República da Islândia.

Ele tornou-se membro do conselho municipal de Reiquejavique em 1912 e foi presidente do mesmo entre 1918-1920.

Nascido em Copenhaga, Dinamarca, ele era um membro da Althing em 1914-1916 e 1920, e na sequência da independência da Islândia em relação à Dinamarca em 1918, ele actuou como Ministro da Dinamarca, em 1920-1924 e 1926-1940.

Embora a Islândia fosse independente desde 1918, a sua política externa tinha sido conduzida pela Dinamarca, até ao início da II Guerra Mundial. A ocupação alemã da Dinamarca após Maio de 1940, no entanto, resultou na autonomia da Islândia, e Björnsson como Regente da Islândia, foi eleito três vezes entre 1941-1943, assumindo todas as prerrogativas dos assuntos islandeses que anteriormente eram detidos pelo rei dinamarquês. Em Julho de 1941, as tropas dos EUA entraram na Islândia, a convite do governo de Björnsson e aí permaneceram, em número reduzido, após a guerra, continuando a sua presença a provocar polémica ao líder da nação, em matéria de política externa.

Ele foi eleito presidente pela Althing sobre a inauguração da República da Islândia em 1944. O seu primeiro mandato foi de apenas um ano, já que o povo da Islândia viria a eleger o seu presidente, directamente, pela primeira vez, em 1945. No entanto, Sveinn foi eleito por unanimidade em 1945 e 1949. Morreu em Reiquejavique em 1952, um ano antes de terminar o seu terceiro mandato, sendo o único presidente a morrer no cargo.

Sveinn foi um dos fundadores da Eimskipafélag Íslands, levando a companhia marítima para a Islândia, em 1914 e o seu presidente entre 1914-1920 e 1924-1926. Ele foi o fundador da companhia de seguros Brunabótafélag Íslands e o seu director desde a sua fundação em 1916 e até 1920. Ele foi também um dos fundadores da companhia de seguros Sjóvátryggingafélag Íslands em 1918 e o seu presidente, em 1918-1920 e 1924-1926. Sveinn foi também, um dos fundadores da Cruz Vermelha Islandesa em 10 de Dezembro de 1924 e o seu primeiro presidente, servindo até 1926.

O seu filho Björn Sv. Björnsson, serviu como militar alemão, e como parte da Schutzstaffel na Segunda Guerra Mundial.[1]

Referências

  1. Útsendingar Þjóðverja (em islandês)].
Precedido por
Cristiano X
(como Rei da Islândia)
Presidente da Islândia
1944 - 1952
Sucedido por
Ásgeir Ásgeirsson
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.