Táin Bó Cúailnge

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Táin Bó Cúailnge (em português: o ataque ao gado de Cooley) é um conto lendário da literatura irlandesa antiga, muitas vezes considerado como um épico, embora seja escrito principalmente em prosa em vez de verso, sendo o mais famoso e mais longo dos contos heróicos irlandeses antigos.[1]

Conta uma história sobre a guerra contra Ulaid efectuada pela rainha Maeve de Connacht e o seu marido Ailill mac Máta, que tencionavam roubar o toiro Donn Cuailnge, e cuja oposição foi feita pelo héroi do Ulster, Cú Chulainn. Um conto semelhante com ocorrência no Oeste da Irlanda é Táin Bó Flidhais.

As ocorrências do conto são tradicionalmente colocadas no século I, numa época heróica pré-cristã, tratando-se de um texto central de um grupo maior conhecido como o Ciclo do Ulster. Sobrevive em duas principais versões escritas em manuscritos do século XII, a primeira principalmente escrita em língua irlandesa antiga, a segunda uma obra mais consistente escrita em irlandês médio. A saga poderá ter sido escrita pela primeira vez por volta do século VII.[1]

Referências

  1. a b Mac Cana, Proinsias. "Táin Bó Cúailnge." Encyclopedia of Religion. 2nd ed. Vol. 13. Detroit: Thomson Gale, 2005.