Tappi Tíkarrass

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tappi Tíkarrass
Informação geral
Origem Reykjavík
País  Islândia
Gênero(s) Pop punk
Punk rock
Rock alternativo
New wave
Período em atividade 1982 - 1983
Gravadora(s) Gramm
Integrantes
Björk Guðmundsdóttir
Jakob Smári Magnússon
Eyólfur Jóhannsson
Gunnar F. Sigurbjarnason
Ex-integrantes
Eyþór Arnalds
Oddur F. Sigurbjarnason

Tappi Tíkarrass era uma banda islandesa que surgiu em 1982 combinando a música punk e o pop. Dentro de seus quatro integrantes se destacava a presença de Björk, que era a vocalista da banda.

O significado do nome Tappi Tíkarrass provém de uma frase do pai do baixista da banda que classificou como uma "rolha no cu de uma cachorra"; por tanto, Tappi Tíkarrass significa em islandês "Tampe o Cu da Cachorra".

Origem[editar | editar código-fonte]

Em 1981 junto ao ex-baixista de Exodus, Jakob Magnússon, formaram outra banda, a Tappi Tíkarrass, e lançaram um álbum em 1982 com o título de Bítið Fast Í Vítið. Seu álbum Miranda foi lançado em 1983. O grupo desenvolveu um estilo after-punk mais experimental e com referências a Siouxsie and the Banshees e a primeira fase de The Cure.

Tappi Tíkarrass colaborou repetidas vezes com Purrkur Pillnikk e Þeyr. Com o lançamento de Miranda, a banda havia experimentado bastante e Björk havia colaborado com a banda de covers Cactus em diferentes clubes, e uma apresentação na tentativa de bater o recorde na maior apresentação do mundo com o grupo Stigrim, cujo video foi dirigido por Óskar Jónasson, seu noivo. A trilha sonora titulada assim como o filme, Rokk Í Reykjavík (“Rock em Reykjavík”) serviu para apertar os laços entre os membros de Purrkur Pillnikk e Þeyr con Tappi Tíkarrass. Nesse momento Björk também participou como backingvocal (vocalista de fundo) e baterista na Rokka Rokka Drum. Lançaram somente dois álbuns e apareceram algumas vezes em filmes, sendo o mais famoso um documental islandês Rokk Í Reykjavík com duas canções, Björk também se convirteu na cover do próprio video. Posteriormente Tappi Tíkarrass tocou em várias apresentações com outras bandas, Purrkurr Pillnikk e Þeyr.

Um membro notável de Purrkurr Pillnikk era o cantor/trompetista Einar Örn Benediktsson que posteriormente se uniria com Björk como vocalista na banda The Sugarcubes.

Depois de lançar seu segundo álbum e explorar todas suas possibilidades musicais, Tappi Tíkarrass decide separar-se em 1983.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Apresentações e colaborações[editar | editar código-fonte]