The City and the Pillar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

The City and the Pillar é a terceira novela publicada pelo escritor e ensaísta norte-americano Gore Vidal, escrita em 1946 e publicada em 10 de janeiro de 1948. A história é sobre um jovem na passagem da adolescência para a idade adulta e que descobre sua própria homossexualidade.[1]

O livro é significativo porque é reconhecido como a primeira novela após a Segunda Guerra Mundial onde o protagonista é abertamente gay, bem ajustado e não é morto ao final da história por provocar normas sociais. Igualmente reconhece-se como uma das "definitivas novelas gays sobre guerra", sendo um dos poucos livros que tratam diretamente a homossexualidade masculina. Além disso, foi uma das poucas novelas gays reimpressas em papel barato no início dos anos 50.[2] [3]

O livro estremeceu a sociedade americana no final da década de 1940.[4] [5] Segundo Vidal, após sua publicação, vários veículos de massa boicotaram durante muito tempo seus livros, ignorando seus cinco trabalhos seguintes, no caso do The New York Times ou seus sete trabalhos seguintes, como a Revista Time e a Newsweek.[6]

Referências

  1. Austen, Roger. Playing the Game: The Homosexual Novel in America, (New York, Bobbs-Merrill Company, Inc.), page 119.
  2. Stryker, Susan. Queer Pulp: Perverted Passions from the Golden Age of the Paperback, (San Francisco, CA: Chronicle Books), pages 17 and 103.
  3. Bronksi, Michael. Pulp Friction: Uncovering the Golden Age of Gay Male Pulps, (New York, St. Martin's Griffin), page 343.
  4. [1]
  5. [2]
  6. [3]