The Importance of Being Earnest

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

The Importance of Being Earnest (A Importância de se chamar Ernesto[1] ou A Importância de ser Constante, na versão de Doris Goettems na obra "Teatro Completo - Volume I[2] , publicada pela Editora Landmark) é uma comédia escrita por Oscar Wilde.

A Importância de Ser Constante, hoje considerada a obra-prima teatral de Wilde e uma das suas obras teatrais mais populares, foi escrita durante sua maturidade artística, no final do ano de 1894 e estreou em 14 de fevereiro de 1895 no St James Theatre. Wilde criou uma cuidadosa construção da sociedade vitoriana em seus últimos anos, ao mesmo tempo que a satirizava.

A peça foi adaptada diversas vezes para o cinema: em 1952, a primeira adaptação com direção de Antony Asquith, filho de H. H. Asquith, que como Secretário do governo na época, foi um dos autores das acusações de imoralidade contra Oscar Wilde e estrelada por Michael Denison, Michael Redgrave, Dame Edith Evans, Dorothy Tutin, Joan Greenwood, e Margaret Rutherford.

Foi feita uma nova versão em 1992 dirigida por Kurt Baker.

Em 2002 uma nova versão, como uma comédia romântica dirigida por Oliver Parker, em que dois amigos usam o mesmo pseudônimo. O filme conta com atuações de Rupert Everett, como Algy, Colin Firth, no papel de Jack, Frances O'Conner e Reese Witherspoon e Judi Dench, como Lady Bracknell.

The importance of being Earnest, pode também ser um trocadilho com o nome da personagem principal: Ernest, e de toda a trama se desenrolar em torno desse nome.

Referências

  1. A importância de se chamar Ernesto.
  2. Goettems, Doris. A Importância de Ser Constante. Teatro Completo - Volume I - Edição Bilíngue Português - Inglês. ed. São Paulo: Editora Landmark, 2012. ISBN ISBN 978-85-8070-005-3.
Ícone de esboço Este artigo sobre Literatura e Cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.