The Master and the Musician

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Master and the musician
Álbum de estúdio de Phil Keaggy
Lançamento 1978 (2008, relançamento)
Gênero(s) Instrumental, Música cristã contemporânea
Formato(s) LP, CD, Digital Download
Gravadora(s) NewSong Records
Myrrh Records
Cronologia de Phil Keaggy
Último
Último
Love Broke Thru
Emerging
Próximo
Próximo

The Master and The Musician é o nome do primeiro álbum inteiramente instrumental lançado por Phil Keaggy em 1978 pela NewSong Records.

O álbum foi relançado em 1989 pela Myrrh Records, com uma faixa bônus. No final de 2007 foi realizado o lançamento do álbum duplo comemorativo dos 30 anos do álbum, com as gravações originais remasterizadas e diversos bônus.

Contexto histórico[editar | editar código-fonte]

Lançado em 1978, o álbum que se tornaria o mais vendido e uma das obras primas do músico americano[1] , agrega influências do rock, jazz e folk em composições instrumentais que refletem a atmosfera profissional e pessoal pela qual Phil Keaggy passava no momento, que incluía uma atarefada agenda e a perda por sua esposa de cinco bebês. Sobre isso ele declara:

Cquote1.svg Eu cheguei às gravações desencorajado, sem saber o que estava realmente fazendo. Eu não sabia o que cantar. Não havia nada a dizer. É por isso que o álbum tem sua forma particular; ele é muito especial para mim. Cquote2.svg

Na ocasião, o meio musical cristão via a música como uma ferramenta de evangelismo, e um álbum exclusivamente instrumental era considerado um tanto avançado. Desse modo, com a finalidade de amarrar as músicas, foi agregada ao álbum uma história alegórica escrita por Stewart Scadron-Wattles e inspirada em C. S. Lewis, Tolkien, e George MacDonald. No relançamento do álbum, em 1988, a história acabou por fim descartada. Phil Keaggy queria que as pessoas retirassem suas imagens diretamente da música. Os títulos das músicas, muitos deles relacionados com a história, no entanto foram mantidos[2] .

Aspectos musicais[editar | editar código-fonte]

Estilisticamente o álbum soma à diversificada atmosfera musical dos anos 70, com rock e jazz da época, uma certa temática celta e alguma inclinação à nascente música de louvor e adoração trazida da comunidade cristã onde Keaggy era ativo participante.

Faixas[editar | editar código-fonte]

O disco 1 inclui as faixas originais mais o bônus de 1989 (Epilogue / Amazing Grace).

Disco 1

  • Pilgrim’s Flight
  • Agora (The Marketplace)
  • The Castle’s Call
  • Wedding in the Country Manor
  • Suite Of Reflections
  • Golden Halls
  • Mouthpiece
  • Follow Me Up
  • Jungle Pleasures
  • Deep Calls Unto Deep
  • Medley: Evensong, Twilight, Forever Joy
  • The High and Exalted One
  • Epilogue / Amazing Grace

Disco 2

  • Pilgrim’s Flight (outtake)
  • Commentary on The Master & The Musician
  • Is it running bro?
  • Blue Likes Jazz
  • The King’s Eye
  • Deepness
  • Deeper Still
  • Finding A Moment
  • A Somber Note
  • Rise Up O Muso
  • Interview with Gary Hedden
  • Suite Of Reflections – front L-R Mix
  • Suite Of Reflections – rear L-R Mix
  • Forever Joy – front L-R Mix
  • Forever Joy – rear L-R Mix
  • Deep Calls Unto Deep – front L-R Mix
  • Deep Calls Unto Deep – rear L-R Mix

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]