Transparência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2004).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Num sistema óptico, transparência é a propriedade de ser transparente, isto é, que permite passar luz. A propriedade oposta é a opacidade. Embora no uso comum a transparência geralmente se refira à luz visível, pode realmente referir-se a qualquer tipo de radiação. Por exemplo, a carne é suficientemente transparente aos raios X, permitindo a impressão em películas fotográficas, enquanto o osso não o é, permitindo o uso de máquinas de raio X.

Exemplos de materiais transparentes à luz visível são ar e alguns outros gases, líquidos tais como a água, a maioria dos vidros, muitos cristais e plásticos como Perspex. Onde o grau de transparência varia de acordo com o comprimento de onda da luz, a imagem vista através do material é matizada. Isto pode, por exemplo, ser devido a determinadas moléculas de óxido metálico no vidro, ou a grandes partículas coloridas, como numa fumaça pouco espessa. Se muitas de tais partículas estiverem presentes o material pode tornar-se opaco, como numa fumaça densa.

Pode ver-se completamente através dos materiais transparentes à luz visível; isto é, eles permitem a visualização de imagens claras. Materiais translúcidos permitem que a luz passe através deles apenas difusamente, e então não permitem uma visão completa. Exemplos de materiais translúcidos incluem o vidro fosco, papel, minerais como o quartzo rosa e alguns tipos de âmbar.

Exitem ainda as paredes de vidro transparentes que podem ser feitas opacas pela pressão de um botão.

Substâncias e materiais incolores[editar | editar código-fonte]

Objetos ou substâncias transparentes, quando desprovidas de pigmentação ou coloração apresentam-se para o sentido humano da visão como incolores, ou desprovidas de cor. Assim, são ditos incolores diversos gases e líquidos, o ar, a água (a não ser em grandes quantidades, quando apresenta coloração azulada), o gelo puro, diversos vidros puros, muitos cristais, etc. Incolor apesar de tudo é consierado uma cor.

Transparência na cultura e comportamento[editar | editar código-fonte]

Vestuário transparente ou semitransparente é um fetiche que permite que se brinque com os limites vigentes do código de vestuário (por exemplo, os concursos de camiseta molhada).