Tri-iodeto de nitrogênio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Triiodeto de nitrogênio
Alerta sobre risco à saúde
Nitrogen-iodide-2D.png
Nitrogen-triiodide-3D-balls.png
Nitrogen-triiodide-3D-vdW.png
Identificadores
Número CAS 13444-85-4
Propriedades
Fórmula molecular NI3
Massa molar 394.77 g/mol
Densidade  ? g/cm3
Ponto de fusão

sublima-se a -20 °C

Ponto de ebulição

N/A

Solubilidade em outros solventes Decompõe-se
Riscos associados
NFPA 704
NFPA 704.svg
0
0
4
 
Compostos relacionados
Compostos relacionados Trifluoreto de nitrogênio
Tricloreto de nitrogênio
Tribrometo de nitrogênio
Triiodeto de fósforo
Triiodeto de arsênico
Tetraiodometano
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Triiodeto de nitrogênio, também chamado de iodeto de nitrogênio, é o composto químico com a fórmula NI3. É um explosivo de contato extremamente sensível: pequenas quantidades explodem com um estalo como o de pólvora quando tocado mesmo levemente, liberando uma nuvem de vapor púrpura de iodo. NI3 tem uma complexa estrutura química que tem requerido grandes esforços para ser elucidada devido a instabilidade dos derivados.

Decomposição[editar | editar código-fonte]

A decomposição de NI3 ocorre pela seguinte reação:

2 NI3(s) → N2(g) + 3 I2(g) ΔH = –290 kJ/mol

Estrutura do NI3 e seus derivados[editar | editar código-fonte]

Triiodeto de nitrogênio é um composto vermelho escuro, primeiramente caracterizado por cristalografia de raios X em 1990, quando foi preparado por uma rota livre de amônia. Nitreto de boro reage com fluoreto de iodo em triclorofluorometano a -30 °C para produzir NI3 puro com baixo rendimento.[1] NI3 é piramidal (C3v simetria molecular), como são os outros trihaletos de nitrogênio assim como a amônia.[2]

O material que é usualmente chamado de "triiodeto de nitrogênio" é preparado pela reação de iodo com amônia. Quando esta reação é conduzida a baixas temperaturas em amônia anidra, o produto inicial é NI3·(NH3)5, mas este material perde alguma amônia sob aquecimento para dar o aduto 1:1 NI3·(NH3). Este aduto foi primeiramente descrito por Bernard Courtois em 1812, e sua fórmula foi determinada finalmente em 1905 por Silberrad.[3] Esta estrutura de estado sólido consiste de cadeias de -NI2-I-NI2-I-NI2-I-... Moléculas de amônia estão situadas entre as cadeias. No escuro, mantido frio e umedecido com amônia, NI3·(NH3) é estável. O material seco é, entretanto um explosivo de contato decompondo-se de acordo com a seguinte equação:[2]

8 NI3NH3 → 5 N2 + 6 NH4I + 9 I2

A instabilidade do NI3 em si ou do NI3NH3 pode ser atribuída s grande estabilidade do N2.

Referências

  1. Tornieporth-Oetting, I.; Klapötke, T. Angewandte Chemie International Edition in English," 1990, volume 29, pages 677-679. [1]
  2. a b Holleman, A. F.; Wiberg, E. "Inorganic Chemistry" Academic Press: San Diego, 2001. ISBN 0-12-352651-5.
  3. Silberrad, O. "On the Constitution of Nitrogen Triiodide" Journal of the Chemistry Society 1905, volume 87, pages 55-66. DOI: 10.1039/CT9058700055
Ícone de esboço Este artigo sobre um composto inorgânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.