Trilogia indianista de José de Alencar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Trilogia Indianista)
Ir para: navegação, pesquisa
O Romantismo brasileiro encontrou no índio uma de suas mais autênticas expressões. Não era preciso importar o mito do "bom selvagem", de Rousseau: ele estava vivo nas matas brasileiras, identificadas como o "paraíso perdido" que nem mesmo os brasileiros conheciam. [carece de fontes?]

Trilogia indianista de José de Alencar se refere aos três romances de temática indigenista escritos por José de Alencar: O Guarani, Iracema e Ubirajara.

O indianismo foi uma das principais tendências do Romantismo brasileiro. Dele saíram algumas das melhores contribuições da nossa literatura romântica, quer na poesia de Gonçalves Dias, quer na prosa de José de Alencar.

A produção diversificada de Alencar estava voltada ao projeto de construção da cultura brasileira, no qual o romance indianista, buscando um tema nacional e uma língua mais brasileira, ganha papel de destaque.[1]

Referências

  1. Literatura brasileira : 2º grau / William Roberto Cereja, Thereza Analia Cochar Magalhães. - São Paulo:Atual, 1995.