Universidade de Durham

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Universidade de Durham
Lema Fundamenta eius super montibus sanctis (Seus fundamentos estão sobre os montes santos)
Fundação 1832
Tipo de instituição Pública
Localização Durham e Stockton-on-Tees, Inglaterra , Reino Unido
Chanceler Sir Thomas Allen
Vice-Chanceler Chris Higgins
Total de Estudantes 15,529
Graduação 11,278
Pós-Graduação 4,521
Cores da Escola Roxo Palatino
Afiliações 1994 Group, ACU, Association of MBAs, EUA, EQUIS, AACSB, N8 Group, Universities UK, Matariki Network of Universities, Faith and Globalisation Network of Universities
Orçamento anual £ 57.8M (2010)
Página oficial www.dur.ac.uk


Brasão de armas da Universidade de Durham.

A Universidade de Durham é uma instituição de ensino superior localizada em Durham, ao norte da Inglaterra. Ela foi fundada por lei do Parlamento em 1832 e teve uma Carta Régia concedida em 1837. Foi a primeira universidade a ser aberta na Inglaterra em mais de 600 anos, sendo também a terceira mais antiga instituição de ensino superior do país.

Durham é uma universidade colegiada (universidade descentralizada), assim como a Universidade de Oxford e a Universidade de Cambridge. Desta forma, possui suas principais funções divididas entre seus departamentos acadêmicos e suas 16 faculdades (em inglês: colleges). Em linhas gerais, os departamentos acadêmicos são encarregados dos projetos de pesquisa e da instrução dos estudantes, enquanto os colleges são responsáveis pelos arranjos domésticos e de bem-estar dos alunos de graduação, pós-graduação, pesquisadores de pós-doutorado e alguns funcionários da universidade.

A universidade é considerada como de grande prestígio e é constantemente posicionada no topo dos rankings de universidades do Reino Unido. O jornal inglês The Sunday Times classificou Durham como a terceira melhor universidade do Reino Unido em 2011/2012. A universidade posicionou-se no 15º lugar globalmente por reputação com empregadores em 2011 no QS World University Rankings, seguida de um extenso levantamento com 17,000 organizações de primeira linha ("blue-chip", em inglês) ao redor do mundo. A universidade foi nomeada a Universidade do Ano de 2005 pelo Sunday Times.

O reitor da universidade é Sir Thomas Allen, que sucedeu Bill Bryson em Janeiro de 2012.